G1 Mundo

Negociação com Hamas é necessária para a retirada de 25 brasileiros da Faixa de Gaza

today9 de outubro de 2023 9

Fundo
share close

Fontes ligadas ao Itamaraty disseram que não há como negociar com a autoridade palestina porque quem manda na região é o grupo terrorista.


Israel volta a atacar a Faixa de Gaza — Foto: Mohammed Salem/Reuters



Uma negociação direta com representantes do Hamas será necessária para que o Brasil consiga retirar 25 brasileiros que já manifestaram o desejo de deixar a Faixa de Gaza, afirmam fontes ligadas ao Itamaraty. Um conflito entre o grupo terrorista e Israel já deixou milhares de mortos desde o sábado (7). Mais de dois mil pedidos de repatriação já foram recebidos no Itamaraty.

Segundo as fontes, não há como negociar com a autoridade palestina, pois quem manda de fato na zona de conflito é o Hamas.

Imagens de drone mostram destruição após ataque em festival de música em Israel

Imagens de drone mostram destruição após ataque em festival de música em Israel

Os brasileiros que querem deixar a Faixa de Gaza fizeram chegar essa intenção a membros da diplomacia brasileira em Ramallah e também no Egito. A estimativa é de que 6 mil brasileiros vivam na Faixa de Gaza.

O objetivo é tirá-los exatamente pela fronteira com o Egito. O país faz fronteira com a Faixa de Gaza, foco do combate entre o grupo terrorista armado Hamas e as forças militares de Israel.

Segundo apurou o blog da Andréia Sadi, a retirada de brasileiros pela passagem na fronteira de Gaza com o Egito —que tem cerca de 7 quilômetros de distância— é arriscada em meio à guerra. Se acordado com as autoridades egípcias, a evacuação terá de acontecer por terra.

E o mais rapidamente possível. Contudo, tudo isso depende do avanço das conversações com o Hamas. Membros do Ministério das Relações Exteriores, em Israel e no Egito, trabalham neste sentido.

Sobre a primeira leva de brasileiros que sairão de Tel Aviv nesta terça (10), a prioridade está sendo para turistas, pois eles não têm família, casa ou endereço em território israelense. A lista ainda está sendo definida.

A embaixada brasileira em Tel Aviv recebeu contatos de 1,7 mil brasileiros que externaram interesse em voltar ao Brasil. A maioria formada por turistas, que estão hospedados em Tel Aviv e em Jerusalém.

Deseja receber as notícias mais importantes em tempo real? Ative as notificações do G1!

http://g1.globo.com/

http://g1.globo.com/




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

ira-ajudou-hamas-a-planejar-ataques-contra-israel?

G1 Mundo

Irã ajudou Hamas a planejar ataques contra Israel?

Uma reportagem do jornal The Wall Street Journal cita fontes anônimas do Hamas e do movimento guerrilheiro libanês Hezbollah que dizem que o Irã deu sinal verde para o ataque há uma semana. Muita coisa está em jogo. Se for confirmado que o Irã está por trás dos ataques, isso poderia transformar o conflito em uma guerra regional. Embora os líderes do Irã tenham celebrado e elogiado os ataques, eles […]

today9 de outubro de 2023 14

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%