G1 Mundo

Nos EUA, Neymar compra camisas da seleção brasileira vendidas por ambulantes

today25 de junho de 2024 2

Fundo
share close

O vídeo do atacante do Al-Hilal viralizou e mostra o atleta abordando os vendedores a caminho para o Sofi Stadium, palco da estreia da seleção brasileira na Copa América, contra a Costa Rica.

A presença do jogador brasileiro levou os ambulantes à loucura. Imediatamente eles pediram para tirar fotos junto ao ídolo, que estava dentro de um veículo.

Me dê uma camisa do Brasil, por favor”, diz Neymar, em espanhol, aos vendedores,.



“Qual tamanho?”, pergunta o homem, antes de perceber que se tratava do craque.

“M. Mais uma, rápido por favor”, disse o atleta logo após ser reconhecido.

Ao perceberem que se tratava de Neymar, os homens levaram a camisa e começaram a tietar.

“Neymar, uma foto. Uma foto”, disse um dos homens.

“Neymar, o melhor do mundo”, disse outro.

O jogador brasileiro atendeu rapidamente aos pedidos e tirou fotos com os vendedores, antes de seguir para o estádio.

O ex-camisa 10 da seleção brasileira, que não foi convocado porque está lesionado, apareceu no telão do estádio incentivando o time brasileiro, que estreou em um empate sem gols.

Neymar é reconhecido por vendedores ambulantes ao comprar camisa da seleção nos Estados Unidos — Foto: Reprodução




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

assange-pedira-perdao-ao-governo-dos-eua-e-sera-um-‘homem-livre’,-afirma-esposa

G1 Mundo

Assange pedirá perdão ao governo dos EUA e será um ‘homem livre’, afirma esposa

Na segunda-feira, Assange, que estava preso no Reino Unido, pegou um voo para as Ilhas Marianas, território norte-americano no Pacífico, após chegar a um histórico acordo com os EUA, no qual reconhece a culpa e recebe liberdade da Justiça dos EUA, que pedia sua extradição à Justiça britânica. "Existe um princípio de acordo entre Julian e o Departamento de Justiça do país, que deve ser ratificado por um juiz das […]

today25 de junho de 2024 7

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%