G1 Mundo

O desastre que ameaça líder turco, no poder há duas décadas

today12 de maio de 2023 10

Fundo
share close

Terremotos de fevereiro expuseram fragilidades do Estado turco e ajudam a colocar Erdogan em desvantagem nas pesquisas.


No domingo (14), 60 milhões de turcos vão votar em eleições presidenciais e parlamentares que podem ser as mais decisivas da história recente.



O poder de presidente Recep Tayyip Erdogan, no poder há duas décadas, está sob ameaça. Seu maior rival, o líder da oposição, Kemal Kilicardoglu, tem uma pequena vantagem nas pesquisas de opinião.

A economia turca está em frangalhos, e Erdogan foi bastante criticado pela resposta estatal aos devastadores terremotos de fevereiro. Estatísticas oficiais calculam o número de mortos em cerca de 50 mil.

Neste vídeo, a repórter Orla Guerin, correspondente internacional da BBC, mostra como a devastação impacta a política na cidade de Antakya, que fica na província de Hatay – um dos lugares mais atingidos pelos tremores. Ali, a taxa oficial de mortos na tragédia foi de 20 mil.

Deseja receber as notícias mais importantes em tempo real? Ative as notificações do G1!

Você deseja continuar recebendo este tipo de sugestões de matérias?




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

comite-da-onu-contra-a-tortura-sugere-desmilitarizacao-das-policias-no-brasil

G1 Mundo

Comitê da ONU contra a Tortura sugere desmilitarização das polícias no Brasil

As conclusões contêm as principais preocupações e recomendações do Comitê sobre a implementação da Convenção contra a Tortura e Outros Tratamentos ou Penas Cruéis, Desumanas ou Degradantes em cada país. O comitê sugeriu ao Brasil desmilitarizar as atividades de aplicação da lei, acabando com o uso excessivo de força, especialmente, de força letal por meio das polícias e fortalecer seus mecanismos independentes de supervisão. Na avaliação dos especialistas, há uma […]

today12 de maio de 2023 16

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%