G1 Mundo

O que levou Amsterdã a proibir cruzeiros

today21 de julho de 2023 7

Fundo
share close

Políticos dizem que cruzeiros não atendem às ambições sustentáveis da cidade.

Isso significa que o terminal central de cruzeiros no Rio IJ, perto da principal estação de trem de Amsterdã, será fechado.

Essa é a mais recente medida para controlar o turismo em massa na cidade.



Os navios de cruzeiro viraram símbolo do problema, com mais de 100 deles atracados na capital todos os anos.

As autoridades têm tentado reduzir o impacto de turistas na cidade, com medidas como a proibição do consumo de maconha nas ruas do Distrito da Luz Vermelha (Red Light District).

Em março, a cidade lançou uma campanha online pedindo aos jovens britânicos que não realizem suas despedidas de solteiro em Amsterdã.

A cidade se tornou vítima de sua própria popularidade, atraindo 20 milhões de visitantes por ano — graças à reputação de cidade festeira.

“Navios de cruzeiro no centro da cidade não ajudam na tarefa de Amsterdã de reduzir o número de turistas”, disse Ilana Rooderkerk, do partido liberal D66, que administra a cidade junto com o Partido Trabalhista e ambientalistas.

Rooderkerk comparou recentemente os turistas de cruzeiros a um tipo de “praga de gafanhotos” descendo de uma só vez sobre a cidade.

Outras autoridades de Amsterdã não gostaram dessa linguagem. Mas a prefeita Femke Halsema reclamou, em 2022, que os turistas de cruzeiros passam poucas horas na cidade, comem em redes internacionais e não têm tempo sequer para visitar um museu. Segundo a prefeita, eles consomem a cidade, mas fazem pouco por ela.

Outra razão importante para a retirada dos navios de cruzeiro é reduzir os níveis de poluição do ar em Amsterdã, segundo as autoridades locais.

Um estudo de 2021 sobre um grande navio de cruzeiro apontou que ele havia produzido os mesmos níveis de óxidos de nitrogênio (NOx) em um dia que 30 mil caminhões.

Outros pontos para atracar navios fora do centro da cidade estão sendo considerados, mas não houve decisão sobre o assunto.

Amsterdã também quer fortalecer a sua cultura noturna para os jovens.

A cidade traçou seu objetivo de encontrar locais para boates, como túneis abandonados e garagens, para desenvolver o talento de “jovens criativos que desejam fazer algo à noite”.




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

lula-quer-china,-indonesia-e-india-em-negociacoes-entre-russia-e-ucrania;-veja-o-que-dizem-os-paises

G1 Mundo

Lula quer China, Indonésia e Índia em negociações entre Rússia e Ucrânia; veja o que dizem os países

Na última quarta-feira (19), em Bruxelas (Bélgica), após participar da cúpula entre a Comunidade de Estados Latino-Americanos e Caribenhos (Celac) e a União Europeia, Lula voltou a defender a criação do grupo. "O Brasil tem feito isso desde o começo, nós temos conversado com a China, com a Indonésia, com parceiros na América Latina. É preciso que a gente construa um grupo de países capaz de, no momento certo, convencer […]

today21 de julho de 2023 7

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%