Tocando:

Rádio 97Web

Operação fecha posto de combustível que adulterava gasolina em Praia Grande, SP

Escrito por em 9 de fevereiro de 2021

Bombas foram lacradas. Equipes verificaram que, a cada 20 litros abastecidos, o consumidor levava apenas 18,3 litros.

Posto de combustível é fechado nesta segunda-feira (9), em Praia Grande — Foto: Foto: Divulgação/Polícia Civil

Um posto de combustíveis em Praia Grande, no litoral paulista, foi fechado nesta segunda-feira (8) durante uma operação conjunta da Polícia Civil, Guarda Municipal e do Instituto de Pesos e Medidas do Estado de São Paulo (IPEM). Os fiscais constataram indícios de adulteração nas placas das bombas e no combustível comercializado no posto. Ninguém foi preso.

Segundo a Polícia Civil, os fiscais do IPEM já tentaram realizar fiscalizações no posto localizado na Avenida Ministro Marcos Freire, no bairro Esmeralda. Porém, durante as abordagens, os funcionários do estabelecimento sempre desligavam a energia elétrica. Desta forma, os técnicos ficavam impossibilitados de realizarem a fiscalização.

Nesta segunda-feira, uma operação conjunta foi realizada para uma nova fiscalização no local. Representantes da Polícia Civil, do IPEM e pela Guarda Civil Municipal foram até o posto de combustíveis.

Os fiscais constataram indícios de adulteração nas placas das bombas e no combustível comercializado no posto. As equipes verificaram que, a cada 20 litros abastecidos, o consumidor levava apenas 18,3 litros. Os fiscais coletaram uma amostra do combustível e constataram que a coloração estava fora dos padrões havendo, portanto, indícios de que o combustível estava sendo adulterado no posto.

Segundo a Polícia Civil, quatro bombas de combustíveis foram lacradas e as amostras foram enviadas para perícia científica. Durante a fiscalização, consumidores também relataram aos policiais que, após abastecerem no local, tiveram problemas em seus veículos.

Ainda de acordo com a Polícia, no posto de combustíveis, também foram encontradas duas máquinas caça-níqueis. O dono do estabelecimento não estava no local e ninguém foi preso. O caso foi registrado na Delegacia Sede de Praia Grande.

O G1 tentou entrar em contato com o proprietário do posto de combustíveis, mas ele não foi localizado pela reportagem.

Fiscais fiscalizam bombas que vendiam combustível adulterado — Foto: Foto: Divulgação/Polícia Civil

Bomba lacrada após fiscais encontrarem irregularidades — Foto: Foto: Divulgação/Polícia Civil

Newsletter G1Created with Sketch.

O que aconteceu hoje, diretamente no seu e-mail

As notícias que você não pode perder diretamente no seu e-mail.

Para se inscrever, entre ou crie uma Conta Globo gratuita.

Obrigado!

Você acaba de se inscrever na newsletter Resumo do dia.

Deseja receber as notícias mais importantes em tempo real? Ative as notificações do G1!




Opinião dos visitantes

Deixe um Comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.