G1 Mundo

Os planos de Trump para primeira audiência após virar réu em caso de ex-atriz pornô

today4 de abril de 2023 10

Fundo
share close

Ele está sendo investigado pela suposta ocultação de um pagamento, pouco antes da eleição presidencial de 2016, para comprar o silêncio de uma ex-atriz pornô que diz que eles fizeram sexo. Ele nega qualquer irregularidade.

Medidas adicionais de segurança estão em vigor, à medida que as autoridades esperam protestos fora do tribunal de Manhattan nesta terça-feira.

Trump, de 76 anos, é o primeiro ex-presidente dos Estados Unidos a se tornar réu em um processo criminal.



“CAÇA ÀS BRUXAS”, escreveu o republicano na Truth Social, sua plataforma de rede social, pouco antes de deixar sua residência na Flórida com destino a Nova York na segunda-feira — uma jornada que contou com ampla cobertura na televisão americana.

Na manhã desta terça-feira, dezenas de policiais e oficiais de justiça, assim como agentes do Serviço Secreto, devem escoltar Trump pelas ruas de Nova York até o tribunal .

As acusações que ele enfrenta serão divulgadas na íntegra durante a audiência, marcada para 15h15 (14h15, no horário local).

A expectativa é de que o ex-presidente se apresente primeiro no escritório do promotor distrital de Manhattan, Alvin Bragg. E, na sequência, participe da primeira audiência judicial do caso — o que significa que as acusações contra ele serão lidas, e ele vai se declarar culpado ou inocente perante um juiz.

Os advogados de Trump já disseram que ele se vai declarar inocente.

Joe Tacopina, da equipe jurídica que defende o ex-presidente, prometeu que qualquer acusação será combatida veementemente.

“Ele é alguém que estará pronto para esta luta”, disse Tacopina ao programa This Week, da rede ABC, no último domingo.

“Estamos prontos para esta luta. E estou ansioso para andar com isso o mais rápido possível para isentá-lo.”

Trump não será algemado, mas Tacopina acrescentou que outros detalhes da audiência ainda são um mistério.

“É sem precedentes… simplesmente não sei o que esperar”, afirmou.

“O que eu espero é que entremos e saiamos de lá o mais rápido possível, que seja… uma audiência típica em que estamos diante do juiz, dizemos ‘inocente’, definimos cronogramas para apresentar moções e tudo mais… e seguimos em frente e saímos de lá.”

Barricadas foram montadas do lado de fora do escritório do promotor distrital de Manhattan — Foto: GETTY IMAGES/via BBC

Trump está sendo investigado no caso da transferência bancária de US$ 130 mil feita por seu ex-advogado, Michael Cohen, para a ex-atriz pornô Stormy Daniels antes da eleição presidencial de 2016.

Ele nega ter tido relação sexual com Daniels.

Pagar para comprar o silêncio de alguém não é considerado ilegal, mas o promotor de Manhattan está investigando se registros comerciais foram falsificados para cobrir o pagamento.

Trump enfrenta pelo menos uma acusação criminal no caso, de acordo com a imprensa americana. Mas algumas reportagens sugerem que são cerca de 30 acusações.

Os meios de comunicação pressionaram o juiz Juan Merchan a permitir câmeras dentro do tribunal — uma moção contestada pela equipe jurídica de Trump, que disse que “criaria um clima circense”.

Mas na noite de segunda-feira, o juiz Merchan determinou que alguns fotógrafos serão autorizados a tirar fotos durante alguns minutos antes do início formal da audiência.

A expectativa é de que o ex-presidente seja liberado sob fiança e volte na noite desta terça-feira para sua residência em Mar-a-Lago, na Flórida, onde planeja fazer um pronunciamento às 21h15 (20h15, horário local).

A viagem dele de Palm Beach para Manhattan na segunda-feira foi acompanhada de perto por milhões de pessoas.

Apoiadores de Trump protestam do lado de fora do escritório do promotor distrital de Manhattan — Foto: GETTY IMAGES/via BBC

Rastreadores acompanharam seu avião — pintado de vermelho, branco e azul com “Trump” escrito em letras garrafais na lateral — durante o voo de quase quatro horas de West Palm Beach ao aeroporto LaGuardia, no Queens, em Nova York.

O cruzamento em torno da Trump Tower — a residência do ex-presidente em Manhattan — estava lotado de nova-iorquinos e turistas à sua espera.

Dezenas de equipes de imprensa montaram acampamento em cada esquina disponível, enquanto pelo menos cinco helicópteros de canais de notícias sobrevoavam a Quinta Avenida.

Trump acenou para os jornalistas e para a multidão antes de entrar no arranha-céu sob forte esquema de segurança, pouco depois das 17h15 (16h15, horário local).

Manifestante perto da Trump Tower — Foto: GETTY IMAGES/via BBC

Ele passou a noite de segunda-feira na Trump Tower consultando assessores jurídicos, uma equipe que cresceu com a inclusão do ex-promotor federal Todd Blanche, um advogado de defesa especializado em crimes de colarinho branco que anteriormente representou o ex-presidente da campanha de Trump, Paul Manafort.

A campanha de Trump para a Casa Branca em 2024 arrecadou mais de US$ 8 milhões desde que as notícias do indiciamento dele foram divulgadas na semana passada, de acordo com sua equipe.

Em uma coletiva de imprensa na segunda-feira, o prefeito da cidade de Nova York, Eric Adams, alertou qualquer potencial “agitador” para “se controlar”.

A congressista Marjorie Taylor Greene, eleita pela Geórgia, planeja realizar uma manifestação pró-Trump perto do tribunal nesta terça-feira.

Diferentemente dos dias que antecederam o motim realizado por apoiadores de Trump no Capitólio em 2021, as autoridades de Nova York afirmam que não viram nenhum fluxo de manifestantes rumo à cidade nos últimos dias.

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, disse na segunda-feira a jornalistas que não tinha preocupação com a agitação em Nova York:

“Tenho fé no Departamento de Polícia de Nova York”.




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

fotos:-conheca-10-curiosidades-sobre-a-piscina-mais-profunda-do-mundo

G1 Mundo

FOTOS: conheça 10 curiosidades sobre a piscina mais profunda do mundo

Com o tema uma "cidade submersa", a atração que fica no Pearl Diving Pool recebe mergulhadores iniciantes e profissionais durante todo o ano. A Deep Dive Dubai ("mergulho profundo em Dubai", em tradução livre) está na disputa para ser a principal atração turística do Oriente Médio, no World Travel Awards de 2023. O resultado será anunciado no dia 30 de abril. 🔔 O g1 agora está no Comunidades WhatsApp. Clique […]

today4 de abril de 2023 12

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%