G1 Mundo

Paris confirma realização de novo ‘ano’ do Brasil na França em 2025

today1 de setembro de 2023 7

Fundo
share close

O desejo de realizar um novo “ano” do Brasil na França, 20 anos depois do sucesso da primeira edição em 2005, foi anunciado em junho por Luiz Inácio Lula da Silva e Emmanuel Macron, durante a visita do presidente brasileiro a Paris. A realização do evento foi confirmada nesta quinta-feira (31) com a publicação pelo Instituto Francês de um edital para o recrutamento do curador da “temporada da França no Brasil », que acontecerá no mesmo momento da temporada brasileira.

O Instituto Francês, que depende do Ministério das Relações Exteriores e do Ministério da Cultura, anunciou que a proposta integra as iniciativas para a “recuperação das relações bilaterais em um contexto político favorável ao desenvolvimento e à retomada da cooperação”.  Nesse contexto, os presidentes Luiz Inácio Lula da Silva e Emmanuel Macron tiveram a ideia de reeditar o evento, durante a visita do chefe de Estado brasileiro a Paris, em junho passado. Desde a volta do petista ao poder, os dois líderes se empenharam em superar os atritos ocorridos entre os dois países durante o governo Bolsonaro, mas recentemente temas como a Guerra na Ucrânia e ampliação do Brics, provocaram um certo afastamento.

Em junho, Lula lembrou em Paris o sucesso do Ano do Brasil na França em 2025, que aprofundou a amizade histórica entre os dois países. A reciprocidade, isto é, o Ano da França no Brasil, aconteceu em 2009. O presidente brasileiro salientou que a iniciativa bilateral foi decidida em 2003, há exatos 20 anos, quando ela chegava ao poder pela primeira vez, e que, como agora, o Brasil teve apenas dois anos para organizá-la.



A novidade da reedição do evento é que ele será uma temporada. Vai acontecer durante apenas 4 meses de cada lado do Atlântico, entre os meses de maio de dezembro de 2025. Fontes da embaixada do Brasil em Paris informam que a temporada brasileira será provavelmente de setembro a dezembro. O edital do Instituto Francês salienta que a data da temporada francesa no Brasil ainda não foi definida.

200 anos de relações diplomáticasAlém de marcar os 20 anos do sucesso do Ano do Brasil na França, que foi a maior manifestação cultural brasileira fora do país com a participação de mais de dois mil artistas, a temporada coincide também com os “200 anos das relações diplomáticas entre os dois países”. A França reconheceu a independência do Brasil em 26 de outubro de 1825, três anos depois do Grito do Ipiranga.

O edital francês publicado nesta quinta feira indica que a iniciativa “deve favorecer o desenvolvimento da cooperação em vários setores, como educação, residências artísticas, pesquisa, juventude, experiências profissionais, e deve se apoiar em grandes eventos internacionais multilaterais, como a COP 30, que acontecerá no Brasil também em 2025, dez anos depois do histórico Acordo do Clima de Paris. Os motivos para celebrar a nova temporada cultural entre os dois países não faltam.

Concretamente, as discussões para a organização estão começando. A França acaba de publicar o edital para encontrar o curador francês. O Brasil ainda busca um nome. Fontes brasileiras dizem que as reuniões bilaterais começaram, mas tudo ainda é “incipiente”. Uma das pistas seria, por exemplo, fazer um levantamento e expor todas as obras brasileiras nos acervos dos museus da França.

Os franceses antecipam que os principais temas de destaque podem ser “clima e transição ecológica; democracia e globalização sustentável; diversidade e diálogo com a África”.




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

india-usara-‘homens-macaco’-e-totens-para-espantar-primatas-de-sede-de-cupula-do-g20

G1 Mundo

Índia usará ‘homens macaco’ e totens para espantar primatas de sede de cúpula do G20

A prefeitura de Nova Déli, nas Índia, contará com uma equipe de "homens macaco" para espantar os primatas de perto das flores que irão decorar a cidade durante a cúpula do G20 na próxima semana. As autoridades também utilizarão totens para afastar os animais. "Não podemos tirar os macacos de seu hábitat natural, assim enviamos uma equipe de 30-40 homens treinados para espantar os macacos", disse Satish Upadhyay, vice-presidente da […]

today1 de setembro de 2023 5

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%