G1 Mundo

Parlamentares do Brasil e dos EUA fazem declaração conjunta para condenar ataques à democracia

today11 de janeiro de 2023 13

Fundo
share close

Um grupo de mais de 60 parlamentares americanos e brasileiros divulgou nesta quarta-feira (11) uma declaração conjunta que condena “atores autoritários e antidemocráticos da extrema direita” que agem “para reverter resultados eleitorais legítimos e derrubar as democracias” do Brasil e dos EUA. A ação foi articulada por uma organização chamada WBO (Washington Brazil Office), que atua em nome de movimentos sociais brasileiros junto a políticos americanos.

Os deputados e senadores que assinam a carta são em sua maioria do Partido Democrata, nos EUA, e de partidos de esquerda brasileiros, como PT, PSOL e PSB, entre outros.

“Não é segredo que agitadores da extrema-direita no Brasil e nos Estados Unidos estão coordenando esforços. Após as eleições brasileiras de 30 de outubro, o deputado federal Eduardo Bolsonaro se reuniu diretamente com o ex-presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, juntamente com seus ex-assessores Jason Miller e Steve Bannon, que encorajaram Bolsonaro a contestar os resultados das eleições no Brasil”, diz a carta.



“Recentemente, Bannon foi condenado em duas acusações criminais por não cumprir com uma intimação para prestar esclarecimentos sobre seu papel na insurreição de 6 de janeiro ao Capitólio dos Estados Unidos. Logo após as reuniões, o partido de Bolsonaro tentou invalidar milhares de votos nas eleições brasileiras. Todos os envolvidos devem ser responsabilizados”, apontam os parlamentares.

“Democracias dependem da transferência de poder pacífica. Assim como os extremistas de extrema direita estão coordenado seus esforços para minar a democracia, devemos permanecer unidos em nossos esforços para protegê-la”, diz ainda a mensagem.

De acordo com o WBO, a mensagem é assinada por:

  • EUA: Adam Schiff, Adriano Espaillat, Alexandria Ocasio-Cortez, Barbara Lee, Becca Balint, Bernie Sanders, Brad Sherman , Cori Bush, David Cicilline, Grace Meng, Greg Casar, Hank Johnson, Ilhan Omar, Jamaal Bowman, Jamie Raskin, Jan Schakowsky, Jesús “Chuy” Garcia, Jill Tokuda, Lloyd Doggett, Mark Takano, Maxwell Frost, Nikema Williams, Nydia Velazquez, Paul Tonko, Pramila Jayapal, Rashida Tlaib, Raúl Grijalva, Robert Garcia, Sara Jacobs, Sheila Cherfilus-McCormick, Susan Wild, Sylvia R. Garcia, Troy A. Carter, Yvette D. Clarke e Zoe Lofgren.
  • Brasil: Airton Faleiro (PT-PA), Alessandro Molon (PSB-RJ), André Janones (AVANTE-MG), Áurea Carolina (PSOL-MG), Benedita da Silva (PT-RJ), Bira do Pindaré (PSB-MA), Camilo Capiberibe (PSB-AP), Célia Xakriabá (PSOL-MG), Chico Alencar (PSOL-RJ), Dandara Tonantzin (PT-MG) , Eliziane Gama (CIDADANIA-MA), Érika Hilton (PSOL-SP) , Erika Kokay (PT-DF), Fabiano Contarato (PT-ES), Fernanda Melchionna (PSOL-RS), Gleisi Hoffmann (PT-PR), Guilherme Boulos (PSOL-SP), Henrique Vieira (PSOL-RJ) , Ivan Valente (PSOL-SP), Jandira Feghali (PCdoB – RJ), Jaques Wagner (PT-BA), Joenia Wapichana (REDE-RR), Lídice da Mata (PSB-BA), Luciene Cavalcante (PSOL-SP) , Luiza Erundina (PSOL-SP), Luizianne Lins (PT-CE), Maria do Rosário (PT-RS), Nilto Tatto (PT-SP), Randolfe Rodrigues (REDE-AP), Reginaldo Lopes (PT-MG), Ricardo Silva (PSD-SP), Rodrigo Agostinho (PSB-SP), Rui Falcão (PT-SP), Sâmia Bomfim (PSOL-SP), Tabata Amaral (PSB-SP), Talíria Petrone (PSOL-RJ), Tarcísio Motta (PSOL-RJ) , Túlio Gadêlha (REDE-PE), Vivi Reis (PSOL-PA).




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

parlamentares-dos-eua-e-do-brasil-buscam-cooperar-em-investigacao-de-ataques-em-brasilia,-diz-agencia

G1 Mundo

Parlamentares dos EUA e do Brasil buscam cooperar em investigação de ataques em Brasília, diz agência

Assessores de parlamentares norte-americanos do comitê que investigou os ataques ao prédio do Congresso dos Estados Unidos, em 2021, estão negociando com parlamentares brasileiros para cooperar com a investigação dos ataques aos prédios em Brasília no domingo (8), disseram duas pessoas que têm informações sobre o tema à agência Reuters. Milhares de bolsonaristas atacaram os prédios do governo federal, do Supremo Tribunal Federal e do Congresso pedindo um golpe para […]

today11 de janeiro de 2023 26

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%