Prefeitura de Guarujá

Personalidades de Guarujá recebem outorga do título Dr. Honoris Causa

today26 de maio de 2023 15

Fundo
share close

A honraria foi concedida pela Faculdade Febraica do Brasil e a Ordem dos Capelães do Brasil

O Teatro Municipal Procópio Ferreira foi palco de uma noite memorável, em Guarujá. Diversas personalidades do Município foram reconhecidas pelos trabalhos desenvolvidos em seus nichos de atuação com a entrega da outorga do título Dr. Honoris Causa (o termo significa “por causa de honra” em latim). A solenidade ocorreu na última quinta-feira (25), – no Dia Estadual da Liberdade Religiosa – e contou com a participação do prefeito de Guarujá, que recebeu o título de comendador da Ordem dos Capelães do Brasil.

A entrega foi realizada pela Faculdade Febraica do Brasil e Ordem dos Capelães do Brasil. Ao todo, a solenidade diplomou 70 pessoas de religiões de matrizes africanas. A honraria normalmente é concedida a personalidades que já são respeitadas pelo seu trabalho por setores da sociedade, mas que nem sempre têm graduação ou especialização.

Para a presidente do Conselho Municipal de Participação e Desenvolvimento da Comunidade Negra, Sueli de Melo, a Mãe Danda, se trata de um marco na história da Cidade. “Vejo como uma dádiva. Em um momento que é tão importante falarmos sobre a cultura de paz, respeito pelas diferenças e pelo próximo, receber esse reconhecimento nos dá ainda mais forças para continuar”, afirmou.

“Esse título é de grande importância para todos nós, praticantes da arte de origem africana. Quero parabenizar a Prefeitura, que não mediu esforços para essa homenagem se tornar realidade. A capoeira agradece”, destaca Roberto Teles de Oliveira, o Mestre Sombra.



Já o ministro religioso do Templo de Ifa e do Instituto ljo Ibudo Eleye, Akoda Akinyàlé, ressalta que a outorga é reflexo da notoriedade dos homenageados dentro da religião e daquilo que eles fazem e representam no segmento. “Estar aqui neste dia 25, que representa a liberdade religiosa é mais do que maravilhoso, é uma conquista ancestral e, principalmente, um divisor de águas para Guarujá”, ressaltou.

Para a presidente da Ordem dos Capelães do Brasil e da Capelania Inter-religiosa, Elizabeth Ferraz, “sem amor nada fazemos ou construímos. Sou pastora e descobri que não era a religião que me diferenciava, mas a postura de cada um. Se a pessoa tem amor, se ela contribui para a sociedade, faz parte da mesma sintonia que eu faço, ela também é merecedora. E a história de cada um dos homenageados tem um impacto social gigante”, afirmou.

O prefeito salientou a alegria de participar da solenidade e ressaltou que a Administração prioriza o diálogo e o respeito pelas diferenças. “Buscamos intensamente a liberdade religiosa, o verdadeiro estado laico e esse respeito mútuo, com base na fraternidade e generosidade. É um acontecimento grandioso para o nosso Município”, pontuou o chefe do Executivo.

Sobre o título

Historicamente um Doutor Honoris Causa (ou Doctor Honoris Causa) recebe o mesmo tratamento e privilégios que aqueles que obtiveram um doutorado acadêmico de forma convencional – a menos que se especifique o contrário. A outorga é dada a uma personalidade eminente, nacional ou estrangeira, que tenha se destacado singularmente por sua contribuição à cultura, à educação, filosofia da religião ou à humanidade. O título que servirá ainda para contribuir como aval em certidões para comprovar serviços sociais em futuros projetos para sua instituição.




Todos os créditos desta notícia pertecem a Prefeitura de Guarujá.

Por: Evelyn

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

navio-veleiro-cisne-branco-chega-ao-porto-de-santos-e-sera-aberto-a-visitacao

G1 Santos

Navio-veleiro Cisne Branco chega ao Porto de Santos e será aberto à visitação

O navio-veleiro Cisne Branco, a Marinha do Brasil, chegou nesta sexta-feira (26) ao Porto de Santos, no litoral de São Paulo. A embarcação permanecerá atracada no cais santista até o dia 2 de junho e ficará aberta à visitação no domingo (28). De acordo com a Marinha, a visita tem como finalidade oferecer a população a oportunidade de conhecer o meio operativo do navio e estimular, ainda, a importância da […]

today26 de maio de 2023 9

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%