Tocando:

Rádio 97Web

Pesquisa mostra que leitura da Bíblia ajuda a reduzir ansiedade e depressão

Escrito por em 4 de maio de 2021

O número de adultos americanos com sintomas recentes de ansiedade e transtornos depressivos aumentou mais de 5 pontos desde o verão de 2020, de acordo com os Centros de Controle e Prevenção de doenças.

A pandemia da Covid-19 trouxe muitas dificuldades que acarretam diversos problemas mentais na população.

Segundo Nicole Martin, diretora executiva de cura de traumas da American Bible Society (ABS), esse nível de trauma será visto por muitos anos ainda e não vai desaparecer quando todos se vacinarem.

Por isso, Martin e a ABS querem atender as pessoas com a leitura da Bíblia, ensinando que é possível curar os traumas usando as Escrituras, como mostra o estudo recente comissionado pela organização junto com os pesquisadores da Baylor University.

Pessoas se submeteram à leitura da Bíblia

Um grupo de 210 homens e mulheres encarcerados, e também outro de 139 pessoas encarceradas se ofereceram para participar do programa de cinco sessões e responder às pesquisas.

Os monitores treinados leem as Escrituras para os participantes e os encaminham para identificar a sua dor, compartilhando e levando-as para a cruz de Cristo, assim eles podem curar a si mesmos e serem libertados, como também ajudar o próximo.

Bons resultados nas doenças mentais com leitura da Bíblia

Antes do programa, os participantes responderam perguntas sobre si mesmos e sobre sua saúde mental, um mês e também três meses quando o programa terminou, quando comparou os dois grupos percebeu-se que houve resultados relevantes.

Os participantes, metade brancos metade negros, foram divididos em vários grupos de 10 homens e 12 mulheres de 18 a 65 anos, apresentaram queda nos sentimentos de depressão, ansiedade e raiva, junto com o luto complicado, ou seja, negação dos eventos traumáticos.

Lambert, professor associado do Seminário Teológico Batista do Sul, em Louisville, disse que foi para isso que a Bíblia foi escrita, e ela é muito relevante e pode ser usada para sanar os traumas da pandemia.




Opinião dos visitantes

Deixe um Comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *