Destaques

Pesquisa no Reino Unido revela preocupação com a liberdade de expressão

today6 de julho de 2024 2

Fundo
share close

Uma nova pesquisa revelou que a maioria dos eleitores apoia a liberdade de expressão e o direito de discordar. Poucos dias antes das eleições gerais no Reino Unido, um estudo conduzido pela CARE descobriu que três quartos da população (77%) acreditam que “os políticos devem poder falar o que pensam e debater livremente questões difíceis”.

Segundo Christian Today, a pesquisa foi realizada pela Savanta em nome da instituição de caridade cristã, ouvindo as opiniões de 2.054 adultos do Reino Unido. Comentando as descobertas, o CEO da CARE, Ross Hendry, pediu aos políticos que trabalhem para proteger a liberdade de expressão e o debate no próximo parlamento. “Diferença e desacordo são parte integrante da política. É importante que os políticos debatam vigorosamente diferentes questões para garantir resultados bons e democráticos”, afirmou Hendry. “No entanto, parece mais difícil para as pessoas discordarem agradavelmente do que nos anos passados. Líderes partidários e outros devem buscar restaurar a civilidade, a decência e o bom debate em nosso discurso político.”

Hendry também enfatizou a importância de um debate livre e justo. “Queremos ver um debate onde as opiniões das pessoas sobre uma ampla gama de tópicos importantes sejam expressas com humildade e respeito, e onde uma pluralidade de opiniões seja permitida. Na CARE, acreditamos que a liberdade de expressão, temperada pela civilidade e respeito mútuo, é uma força poderosa para o bem. Gostaríamos de pedir a todos os políticos que se comprometam com isso no próximo parlamento.”

Os eleitores em todo o Reino Unido votarão em 4 de julho. As últimas pesquisas mostram que o Partido Trabalhista continua mantendo uma liderança significativa sobre os Conservadores, mas milhares temem não conseguir votar após relatos de atrasos nas cédulas postais. De acordo com uma análise recente do Financial Times, o Partido Trabalhista pode ganhar um recorde de 450 cadeiras.






Todos os créditos desta notícia pertecem a Destaques.

Por: Redacao

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

itanhaem,-sp,-comeca-a-mapear-os-animais-de-rua;-entenda

G1 Santos

Itanhaém, SP, começa a mapear os animais de rua; entenda

Objetivo é identificar animais sem castração para realizar o procedimento e diminuir a superpopulação de pets nas ruas. Itanhaém desenvolve projeto Petmaps — Foto: Divulgação/Prefeitura de Itanhaém A Prefeitura de Itanhaém, no litoral de São Paulo, desenvolveu um projeto para mapear os animais em situação de rua na cidade. A iniciativa, intitulada de ‘Petmaps’, busca investigar quais animais necessitam de castração para realizar o procedimento e diminuir a superpopulação nas […]

today6 de julho de 2024 4

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%