G1 Santos

PM vira réu acusado de matar ex e os filhos dela após término

today13 de junho de 2024 10

Fundo
share close

O Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP) tornou réu o policial militar Ednei Antonio Vieira, acusado de matar a ex-namorada e os dois filhos dela em Apiaí, no interior de São Paulo. A Polícia Civil concluiu que os assassinatos ocorreram porque o homem, de 42 anos, não aceitou o fim do relacionamento.

A denúncia enviada contra Ednei pelo promotor Renan Rodrigues foi aceita pelo Foro de Apiaí na última terça-feira (11), tornando-o réu no processo. De acordo com o documento, o homem invadiu a residência da vítima e atirou dez vezes, matando a ex-mulher, de 39 anos, e os filhos dela, de 12 e 20 anos.

Na denúncia enviada ao TJ-SP, o promotor ainda solicita, em caso de condenação, a perda do cargo público do réu e uma reparação de R$ 1 milhão por danos morais em prol dos familiares das vítimas.



Ao g1, a defesa de Ednei afirmou que esperava que a denúncia fosse aceita pelo Judiciário, tendo em vista a repercussão do caso. A resposta à acusação deverá ser apresentada nos próximos dias, e os representantes dele aguardam o agendamento da audiência de instrução.

O caso ocorreu na Rua Joaquim Fogaça de Oliveira, no bairro Jardim Araucária, no mês de maio. Segundo a Polícia Civil, o homem foi até a residência de Josilene Rosa, de 39 anos, para tentar reatar o relacionamento, o que não aconteceu.

Vídeo mostra momento em que bombeiro suspeito de matar a ex-namorada e filhos dela é preso em Itapeva (SP) — Foto: Itapeva Alerta/Divulgação

De volta à casa da ex-companheira, o homem atirou contra ela e, na sequência, alvejou os filhos dela, Arthur, de 12 anos, e Gabriel, de 20. Após o crime, o homem deixou o local com o celular da mulher.

Na sequência, o suspeito fugiu e bateu o veículo em um guard rail na Rodovia Sebastião Ferraz de Camargo Penteado (SP-250), próximo de Guapiara (SP). O automóvel foi localizado por policiais, mas o homem não foi encontrado na ocasião.

O homem se entregou à polícia em Itapeva, em 21 de maio, na presença dos advogados. Ele passou por audiência de custódia, na qual foi mantida a prisão preventiva, e encaminhado ao presídio militar Romão Gomes, em São Paulo.

VÍDEOS: g1 em 1 minuto Santos




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Santos.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

idoso-morto-apos-levar-‘voadora’-teve-celular-furtado-ao-cair-no-chao-e-sofrer-traumatismo-craniano,-diz-familia

G1 Santos

Idoso morto após levar ‘voadora’ teve celular furtado ao cair no chão e sofrer traumatismo craniano, diz família

O caso aconteceu na Rua Pirajá da Silva, no bairro Aparecida, conforme registrado pelo filho da vítima em boletim de ocorrência. Segundo a família, o idoso caiu de costas no chão após levar a 'voadora', batendo a cabeça e sofrendo um traumatismo craniano. Ele foi encaminhado à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Zona Leste, onde foi intubado, mas teve três paradas cardíacas e não resistiu. Ao g1, o filho do […]

today13 de junho de 2024 6

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%