G1 Mundo

Polícia dos EUA autoriza uso de força letal para capturar brasileiro foragido

today4 de setembro de 2023 6

Fundo
share close

Danilo, um brasileiro condenado por homicídio nos EUA, fugiu da prisão no país na última quinta-feira. Há uma força tarefa com centenas de agentes empenhada em capturá-lo, mas até agora o brasileiro conseguiu escapar (leia mais abaixo).

Os policiais deram uma entrevista coletiva e afirmaram estão fazendo buscas em uma região de cerca de 800 quilômetros quadrados no estado da Pensilvânia. O uso de força letal foi autorizado.

Em uma entrevista coletiva, os policiais afirmaram que muita gente viajou nos últimos dias porque é feriado no país, e há casas vazias.



Os policiais pediram para que os moradores deem uma olhada nas casas dos vizinhos para ver se há algo fora do normal, que pode indicar que Danilo esteve por lá. Se os moradores virem algo estranho, devem chamar a polícia.

Os agentes também pediram para que as pessoas vejam as gravações das câmeras de vídeo das residências para ver se há algo suspeito.

Danilo precisa de comida, água e roupa, e provavelmente vai procurar isso nas casas da região, disse a polícia.

Sabe-se que duas casas foram invadidas, mas a polícia ainda não confirmou se foi o brasileiro que entrou.

Desde que fugiu da prisão, Danilo já foi visto algumas vezes. Uma gravação de uma câmera de vídeo fez um registro breve do brasileiro fugitivo, e além disso ele foi visto também por moradores e também por um agente –segundo a polícia, esse último foi um avistamento breve, e devido ao terreno acidentado, o brasileiro não foi capturado.

A polícia gravou uma mensagem de áudio da mãe de Danilo na qual ela fala, em português, para que ele se entregue. Helicópteros e carros da polícia estão tocando essa mensagem em altofalantes para tentar convencê-lo a se entregar.

Brasileiro condenado à prisão perpétua por matar ex-namorada foge da cadeia nos EUA

Brasileiro condenado à prisão perpétua por matar ex-namorada foge da cadeia nos EUA

Danilo Sousa Cavalcante fugiu da prisão de Chesco na manhã desta quinta-feira. Ele segue foragido desde então. As circunstâncias da fuga estão sob investigação.

Foi criada uma força tarefa de centenas de agentes que busca pelo brasileiro que inclui agentes das seguintes organizações:

  • Agentes da Swat;
  • Delegados federais;
  • Agentes de polícia estaduais e do condado de Chester.

Ele é condenado à prisão perpétua por matar a ex-namorada, Débora Evangelista Brandão, na cidade de Phoenixville, em abril de 2021. A vítima tinha 34 anos e foi morta a facadas.

De acordo com a imprensa dos EUA, o Ministério Público do Condado de Chester classificou Danilo como “extremamente perigoso”.

Débora Evangelista Brandão morava nos EUA com os dois filhos quando foi morta. As crianças presenciaram o crime.

“Ao saber que o réu tinha mandado de prisão em aberto por homicídio no Brasil, a vítima ameaçou expô-lo à polícia. Os detetives determinaram que esse foi o motivo do assassinato”, afirmou a promotoria responsável pela acusação em comunicado.

De acordo com as autoridades, em 2017, Cavalcante fugiu para Porto Rico e, mais tarde, seguiu para os Estados Unidos, onde entrou ilegalmente.

Danilo foi preso duas horas após o assassinato de Débora e foi condenado pelo crime no dia 16 de agosto.




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

o-suicidio-de-professora-vitima-de-‘bullying-de-pais’-na-coreia-do-sul

G1 Mundo

O suicídio de professora vítima de ‘bullying de pais’ na Coreia do Sul

"Meu peito está muito apertado. Sinto que vou cair em algum lugar. Nem sequer sei onde estou." Em 3 de julho, Lee escreveu que estava tão sobrecarregada com a loucura do trabalho que "queria abandonar tudo". Duas semanas depois, ela foi encontrada morta no armário da sala de aula por seus colegas. Lee havia tirado a própria vida. O episódio desencadeou uma onda de protestos por parte dos professores do […]

today4 de setembro de 2023 11

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%