Tocando:

Rádio 97Web

Praia Grande abre mil novos cadastros para licenças temporárias de ambulantes

Escrito por em 6 de janeiro de 2021

Inscrições devem ser feitas pelo site da prefeitura até o dia 29 de janeiro.

Ação é voltada para os moradores afetados pela crise econômica causada pela pandemia da Covid-19 em Praia Grande, SP — Foto: Divulgação/Praia Grande

A Prefeitura de Praia Grande, no litoral de São Paulo, abriu cadastro para mil novas licenças temporárias de ambulantes nesta quarta-feira (6). O requerimento pode ser feito até o dia 29 de janeiro e de maneira online, pelo site da administração municipal. A ação é voltada para os moradores afetados pela crise econômica causada pela pandemia da Covid-19.

Os interessados em adquirir a licença devem estar cadastrados em algum programa social municipal ou ter recebido acompanhamento do serviço social durante a pandemia do novo coronavírus, ter filhos matriculados na rede municipal de ensino e estar cadastrados no programa Estratégia Saúde da Família (ESF).

No formulário, os moradores devem anexar uma cópia do RG, CPF, título de eleitor e comprovante de residência. Os novos ambulantes poderão comercializar produtos como coco, suco de frutas, sorvetes, doces em geral, pipoca, açaí, milho e derivados, churros, balões de gás e objetos infláveis.

De acordo com a prefeitura, essa licença não permite a venda de produtos como raspadinhas, pipas e peças de roupas. A exposição dos produtos pode ser feita por isopor, bandeja e suporte de bicicleta. Aqueles que optarem por um carrinho, devem se atentar ao limite máximo das dimensões, definida em 80 cm x 80 cm.

Os ambulantes que atuarem dentro da faixa de areia não vão poder utilizar o calçadão da praia para o comércio, além de não poderem trabalhar a menos de 60 metros dos quiosques.

Já os comerciantes que escolherem trabalhar dentro dos bairros não vão poder comercializar seus produtos nas Avenidas Presidente Kennedy, Marechal Mallet, Presidente Costa e Silva, Vicente de Carvalho, Nossa Senhora de Fátima e Presidente Castelo Branco.

Ainda conforme a prefeitura, a licença é intransferível, e caso seja constatado que o ambulante não está exercendo pessoalmente a atividade, o benefício será cassado imediatamente.

VÍDEOS: mais assistidos do G1 nos últimos 7 dias

Newsletter G1Created with Sketch.

O que aconteceu hoje, diretamente no seu e-mail

As notícias que você não pode perder diretamente no seu e-mail.

Para se inscrever, entre ou crie uma Conta Globo gratuita.

Obrigado!

Você acaba de se inscrever na newsletter Resumo do dia.

Deseja receber as notícias mais importantes em tempo real? Ative as notificações do G1!




Opinião dos visitantes

Deixe um Comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *