Prefeitura de Guarujá

Prefeitura exige explicações efetivas da Sabesp em até 48 horas

today1 de agosto de 2022 12

Fundo
share close

Secretaria de Meio Ambiente de Guarujá oficiou a empresa nesta segunda-feira (1º); anteriormente a Administração Municipal já havia discutido situação com o Ministério Público, Arsesp e Comdema 

A Prefeitura de Guarujá exigiu explicações efetivas da Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp) em até 48 horas sobre a falta de abastecimento de água no Município. A Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semam) enviou ofício à Unidade de Negócio da Baixada Santista – Divisional Guarujá da Sabesp nesta segunda-feira (1º).

A Administração Municipal requer medidas do Plano de Escassez Hídrica, como a disponibilização de caminhões-pipa para o abastecimento emergencial nos bairros afetados. A pedido do Município, a Agência Reguladora de Serviços Públicos (Arsesp) já esteve na Cidade fazendo vistorias nas instalações da Sabesp.

O documento cobra ainda um relatório detalhado com informações técnicas sobre a falta de abastecimento e explicações ao Conselho de Saneamento Ambiental de Guarujá. “O poder público municipal tem sido rigoroso e cobrado a Sabesp e a Arsesp a respeito desta questão. Semana passada nossas equipes realizaram uma agenda conjunta com todos os atores envolvidos para buscar soluções”, afirma o secretário municipal de Meio Ambiente.

Prefeitura já havia procurado MP e agência reguladora



A Prefeitura já havia alertado a Sabesp sobre o problema por diversas vezes. Há sete dias, em 25 de julho, servidores públicos da Semam se reuniram com representantes do Ministério Público (MP), integrantes do Conselho Municipal de Defesa do Meio Ambiente (Comdema) e Arsesp para alinhar a fiscalização técnico-operacional aos serviços da Sabesp no Município.

Os técnicos da Arsesp atuaram em Guarujá de segunda (25) a sexta-feira (29) fiscalizando as condições de operação e instalações dos serviços de abastecimento de água, esgotamento sanitário e atendimento comercial prestados pela Sabesp. Foram verificados ainda a qualidade da água fornecida, falta de investimentos previstos, não atendimento ao contrato e reclamações de usuários.




Todos os créditos desta notícia pertecem a Prefeitura de Guarujá.

Por: Tadeu

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

semana-comeca-com-12-empregos-em-guaruja

Prefeitura de Guarujá

Semana começa com 12 empregos em Guarujá

Chances estão disponíveis no Posto de Atendimento ao Trabalhador (PAT) da Cidade 1 vaga – Atendente de loja Mínimo de seis meses de experiência sem comprovação em carteira Ensino Médio completo 1 vaga – Mestre de obras Mínimo de seis meses de experiência com comprovação em carteira Ensino Médio completo 1 vaga – Auxiliar de limpeza Mínimo de seis meses de experiência com comprovação em carteira Ensino Fundamental completo 2 vagas – […]

today1 de agosto de 2022 14

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%