G1 Mundo

Presença de mercenários do Grupo Wagner na fronteira deixa Polônia em alerta

today29 de julho de 2023 7

share close

Primeiro-ministro polonês, Mateusz Morawiecki, disse que há risco de soldados se disfarçarem de guardas de fronteira de Belarus para ajudar imigrantes ilegais a entrarem no país.


Primeiro-ministro da Polônia, Mateusz Morawiecki, durante encontro de líderes da União Europeia, em 2021 — Foto: Christian Hartmann/Pool/Reuters



Mateusz Morawiecki, primeiro-ministro da Polônia, disse neste sábado (29) que um grupo de centenas de soldados do Grupo Wagner se aproximaram da cidade de Grodno, em Belarus, perto da fronteira polonesa. 

A Polônia, antiga integrante do Pacto de Varsóvia e que se tornou membro completo da aliança militar da Otan em 1999, está preocupada com a possibilidade de que a guerra entre Rússia e Ucrânia respingue em seu território. 

No começo deste mês, a Polônia começou a mobilizar mais de mil tropas para a região leste do país com a preocupação de que a presença de soldados do Grupo Wagner em Belarus possa levar a tensões maiores na fronteira. 

“A situação está ficando cada vez mais perigosa. Provavelmente eles (os soldados do Wagner) estarão disfarçados de guardas de fronteira de Belarus e ajudarão imigrantes ilegais a entrarem no território polonês (e) desestabilizar a Polônia“, disse Morawiecki, em entrevista coletiva em Gliwice, no oeste do país.

Deseja receber as notícias mais importantes em tempo real? Ative as notificações do G1!




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

G1 Mundo

Hackers: a guerra de versões sobre países que promovem mais ataques cibernéticos

Durante anos, essas equipes cibernéticas de elite foram rastreadas de ataque em ataque, roubando segredos e causando interrupções supostamente a mando de seus governos. As empresas de segurança cibernética chegaram, inclusive, a criar ilustrações de personagens de desenho animado para representá-las. Camaro Dragon: a mais recente ilustração da Checkpoint de um suposto grupo chinês hackeando funcionários de relações exteriores europeus — Foto: CHECKPOINT via BBC Por meio de pontos em um mapa-múndi, os profissionais de marketing destas empresas alertam regularmente […]

today29 de julho de 2023 5

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%