Prefeitura de Guarujá

Procópio Ferreira recebe peça ‘Shakespeare, aí vou eu!’ neste sábado

today5 de janeiro de 2023 8

Fundo
share close

 Pela Cia. Teatral Quem sabe faz a hora, a vibrante comédia promete entreter o público às 20 horas; a classificação indicativa é 10 anos

Neste final de semana, em Guarujá, o Teatro Procópio Ferreira (Avenida Dom Pedro I, 350 – Jardim Tejereba) receberá a peça ‘Shakespeare, aí vou eu’, da Cia. Teatral ‘Quem sabe faz a hora…’. A comédia do além, escrita por Thalita Góes e com direção de Fátima Góes, acontece neste sábado (7), às 20 horas, e promete interação total com a plateia.

Os ingressos estão sendo vendidos à R$30,00 (inteira) e R$15,00 (meia), pelo WhatsApp (13) 99105-0610, sendo que, até sexta-feira, todos pagam meia. No dia, a partir das 17 horas, estarão sendo vendidos na bilheteria no teatro.

‘Shakespeare, aí vou eu!’ é um monólogo, que conta a história de Ofélia, uma atriz apaixonada por Shakespeare, que sempre sonhou em interpretar uma das heroínas do dramaturgo inglês, e finalmente tem sua grande chance, porém, vai estrear o espetáculo de seu amado, de outro plano. Em devaneios, Ofélia faz citações e revive algumas das heroínas imaginando como seria encontrá-lo pessoalmente. Uma vibrante comédia que resgata as obras de Shakespeare.

A Cia Quem sabe faz a hora… tem 23 anos,  com mais de 60 espetáculos montados, atingindo crianças e adultos com histórias dos mais variados gêneros. É a Cia. teatral mais antiga em exercício do Município.






Todos os créditos desta notícia pertecem a Prefeitura de Guarujá.

Por: Evelyn

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

russia-intensifica-uso-de-drones-‘kamikazes’-na-ucrania

G1 Mundo

Rússia intensifica uso de drones ‘kamikazes’ na Ucrânia

Mas o termo "kamikaze" é um tanto enganador neste contexto. Os ataques Kamikaze foram missões suicidas realizadas durante a Segunda Guerra Mundial por jovens pilotos japoneses que colidiam com suas aeronaves contra navios aliados para causar o máximo de dano possível. A morte do piloto era parte intrínseca de todo o conceito. Os drones, por outro lado, não têm pilotos humanos. O termo "de uso único" seria mais adequado, porque, […]

today4 de janeiro de 2023 13

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%