Gospel Prime

Professora cristã é demitida por sua opinião bíblica contra a agenda LGBT

today17 de março de 2023 9

Fundo
share close

Uma professora assistente cristã que perdeu um tribunal de trabalho depois de alegar que foi demitida por causa de suas crenças religiosas está apelando para seu caso.

Nesse sentido, em 2019 Kristie Higgs foi demitida da Escola C of E Farmor’s em Fairford, Gloucestershire, após compartilhar no Facebook uma petição contra o ensino obrigatório nas escolas sobre relações LGBT e educação sexual.

Sendo assim, Higgs, que tem um filho que frequenta a escola, foi informada de que suas opiniões cristãs nas publicações eram semelhantes às de um “extremista pró-nazista de direita” e ela foi demitida por má conduta.

Desta forma, em outubro de 2020, um juiz decidiu que, apesar das mensagens da Sra. Higgs não serem “homofóbicas” ou “transfóbicas”, a escola se justificava em despedi-la porque outros poderiam interpretá-las como tal.

De acordo com Christian News, Kristie irá contestar sua demissão em uma audiência de recurso de dois dias que terá início em 16 de março. Apoiado pelo Centro Jurídico Cristão, Higgs argumentará que o Tribunal de Trabalho “demonstrou uma compreensão manifestamente incorreta da liberdade de expressão”.



“Mais de quatro anos depois, continuo a lutar pela justiça. Naquele tempo, houve tantas revelações perturbadoras sobre a ideologia transgênero nas escolas e crianças sendo ensinadas a educação sexual inadequada. Às vezes ainda tenho que me beliscar para acreditar que perdi o emprego que amava por causa de minhas crenças cristãs”, disse ela, na audiência.




Todos os créditos desta notícia pertecem a Gospel Prime.

Por: Redacao

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

russia-e-condenada-por-prender-pastor-que-recebeu-grupo-de-oracao

Gospel Prime

Rússia é condenada por prender pastor que recebeu grupo de oração

A Rússia foi condenada pela Corte Européia de Direitos Humanos (CEDH) por violar o direito à liberdade religiosa e discriminar um pastor cristão. Nesse sentido, em um julgamento emitido em 7 de março de 2023, a CEDH sustentou que uma punição de 2016 cobrada pelas autoridades russas pela organização uma reunião pacífica de oração na casa do pastor em Oryol, foi uma clara violação dos direitos humanos. Desta forma, em […]

today17 de março de 2023 24

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%