Prefeitura de Guarujá

Projeto Areia Viva garante prêmio ambiental internacional para Guarujá

today11 de novembro de 2022 21

Fundo
share close

Projeto desenvolvido na Cidade foi reconhecido na cerimônia oficial de premiação da 13ª Bandeira Azul à Praia do Tombo, na tarde desta sexta-feira (11), no Rio de Janeiro    

Na cerimônia que oficializou o 13° selo internacional de qualidade Bandeira Azul à Praia do Tombo, Guarujá conquistou também um segundo reconhecimento significativo: o 1º lugar no Concurso de Melhores Práticas Ambientais 2022, com o projeto Areia Viva, que monitora a qualidade sanitária da areia de 10 praias da Cidade. As boas notícias foram anunciadas no Rio de Janeiro, na tarde desta sexta-feira (11), pela Foundation for Environmental Education (FEE), uma Organização Não Governamental (ONG) com origem na Dinamarca, responsável pelas certificações em todo o Hemisfério Sul.

Agora, Guarujá possui não apenas a praia mais antiga da América do Sul em cerificações Bandeira Azul consecutivas, à frente inclusive de países como a Colômbia e o Chile, como também o único título em território brasileiro por uma iniciativa inovadora. Isso porque o Projeto Areia Viva une Parceria Público Privada (PPP) que envolve a Prefeitura, universitários e a comunidade, visando o monitoramento da qualidade de 10 das 27 faixas de areia do Município até dezembro de 2024.

O secretário adjunto de Meio Ambiente de Guarujá recebeu as premiações com entusiasmo. Ele destacou que o reconhecimento inédito chancela um trabalho feito por várias mãos. “O projeto é inovador e nasceu da vontade do Município de gerir seu patrimônio ambiental e envolver a sociedade civil organizada na proteção desse patrimônio” comemora.

O resultado faz o prefeito enxergar um novo momento de Guarujá e suas políticas voltadas à sustentabilidade. “O Bandeira Azul é um projeto reconhecido no mundo inteiro e muito ligado à temática turística, que Guarujá começou a desenvolver há 13 anos e vem mantendo desde então. Agora, com o projeto Areia Viva, Guarujá reinventa o Bandeira Azul, com uma roupagem também de educação ambiental, o que reforça o trabalho de sucesso desenvolvido no setor”, ressalta. 



Projeto é uma parceria entre Prefeitura, Unifesp e condomínios

O Projeto Areia Viva é fruto de um estudo desenvolvido pela Semam e o Instituto do Mar – Universidade Federal de São Paulo campus Baixada Santista da (Imar/Unifesp). Entretanto, também conta com o apoio da Secretaria Municipal de Educação (Seduc) e de condomínios da Área de Preservação Ambiental (APA) Serra do Guararu.

A qualidade sanitária e a movimentação natural da areia são os principais fatores observados na pesquisa. Estão sendo monitoradas as praias urbanas do Tombo, Guaiúba, Enseada, Astúrias e Pitangueiras, além de outras cinco dentro da APA Serra do Guararu: Iporanga, São Pedro, Tijucopava, Taguaíba e Prainha Branca.

Durante o período de monitoramento, pesquisadores e estudantes vão às praias quinzenalmente para coletar amostras de areia – os resultados obtidos a partir das avaliações periódicas não determinam se as praias estão próprias para uso. A análise do material é realizada no laboratório implantado na Escola Municipal 1° de Maio (Avenida Adriano Dias dos Santos, 611, Jardim Boa Esperança, Vicente de Carvalho), exclusivamente para esse fim.

Capacitação acadêmica

Uma das estratégias para ampliar o projeto Areia Viva e estimular os apaixonados por ciências biológicas é incluir os acadêmicos. Por isso, a iniciativa reserva três bolsas de estudos, no valor de R$ 500,00 para destinar aos selecionados do último período do curso técnico de Meio Ambiente com ênfase em Química, da Escola Municipal 1° de Maio. O valor corresponde a quatro horas de trabalho, em cinco dias da semana.

Inédita, a ação possibilita que os estudantes concluam a formação técnica com uma importante iniciação científica no currículo. Além de, na prática, serem capacitados para a realização de análises microbiológicas.




Todos os créditos desta notícia pertecem a Prefeitura de Guarujá.

Por: Evelyn

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

guaruja-realiza-operacao-especial-de-seguranca-para-feriado-prolongado-e-shows

Prefeitura de Guarujá

Guarujá realiza operação especial de segurança para feriado prolongado e shows

Haverá patrulhamento preventivo nos principais pontos turísticos, além de estacionamentos em áreas estratégicas A Prefeitura de Guarujá realiza a partir desta sexta-feira (11) até terça-feira (15), uma operação especial de segurança para ampliar as ações de patrulhamento, fiscalização e ordenamento da Cidade durante o feriado prolongado da Proclamação da República e também nos shows que antecedem o verão. Serão mais de 150 agentes envolvidos. A operação será coordenada pela Secretaria […]

today11 de novembro de 2022 11

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%