G1 Mundo

Quem é Kevin McCarthy, líder republicano e novo presidente da Câmara nos EUA

today7 de janeiro de 2023 10

Fundo
share close

McCarthy é um representante do 23° distrito da Califórnia e foi eleito para o Congresso pela primeira vez em 2006.

Ele foi escolhido presidente da Câmara na 15ª rodada de votação, na maior sequência de tentativas fracassadas de eleger um líder da Casa desde a década de 1850.

O impasse estava em um grupo de republicanos extremistas, que votavam contra McCarthy, e só foi resolvido quando alguns membros desta ala se abstiveram da votação.



Apesar de ser uma indicação do ex-presidente Donald Trump, ele é considerado um republicano mais moderado e que age menos radicalmente.

Kevin McCarthy durante processo de posse como presidente da Câmara dos EUA — Foto: Andrew Harnik/AP

  • Em 2009, ele assumiu a posição de vice-líder dos republicanos na Câmara. McCarthy auxiliava o líder do partido na época, Eric Cantor.

Os líderes da Câmara têm como função garantir que todos os filiados do partido tenham um voto unânime sobre determinado debate ou votação para fazer com que a maioria conquistada nas eleições se faça valer dentro do Congresso.

  • Em 2014, ele assumiu o posto de Eric Cantor como líder do partido na Câmara.
  • Esperava-se que em 2015, após a renúncia de John Boehner, McCarthy assumisse a presidência da Câmara. Porém, após uma denúncia de infidelidade conjugal e outros problemas internos do partido, McCarthy retirou sua candidatura, e Paul D. Ryan foi eleito “speaker”, como é conhecido o presidente da Câmara.
  • McCarthy voltou a conseguir destaque no partido depois que Paul Ryan encontrou dificuldades de relacionamento com o então presidente Donald Trump. Na ocasião, McCarthy se aproximou dele.

Donald Trump e Kevin McCarthy em foto de arquivo de 14 de janeiro de 2018 — Foto: REUTERS/Kevin Lamarque

Durante as recentes eleições internas para presidente da Câmara dos representantes dos EUA, McCarthy foi criticado por republicanos mais radicais que diziam que ele nunca conseguiu seguir uma ideologia de forma sistemática e que seria moderado demais para liderar o partido.

O que muda com a troca de Nancy Pelosi por Kevin McCarthy

Nancy Pelosi fala na Câmara dos EUA em 17 de novembro de 2022 — Foto: Reuters/Evelyn Hockstein

Durante os últimos 4 anos, a presidente da Câmara dos Estados Unidos foi a democrata Nancy Pelosi. Com quase 40 anos no Congresso, Pelosi era uma grande conhecida do sistema legislativo americano e sempre se manteve muito firme diante de suas decisões e medidas.

McCarthy chega ao topo da Câmara com mais incertezas e com uma eleição mais cansativa apesar da maioria republicana conquistada nas eleições de meio de mandato de 2022.

Uma das maneiras encontradas por McCarthy para conquistar sua posição na Câmara foi a de permitir que um legislador isoladamente abra um pedido de destituição do cargo contra ele a qualquer momento.

Para especialistas na política americana, esse movimento causa uma instabilidade na liderança dele e pode impedi-lo de tomar decisões mais ousadas ou que ajudem indiretamente o atual governo de Joe Biden, como uma série de orçamentos e decisões que passam pela Câmara semanalmente.




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

china-suspende-contas-em-redes-sociais-de-criticos-as-politicas-contra-covid-19

G1 Mundo

China suspende contas em redes sociais de críticos às políticas contra Covid-19

A popular plataforma de mídia social Sina Weibo disse que abordou 12.854 violações, incluindo ataques a especialistas, acadêmicos e trabalhadores médicos, e emitiu proibições temporárias ou permanentes em 1.120 contas. O governo confiou amplamente na comunidade médica para justificar seus rígidos bloqueios, medidas de quarentena e testes em massa, quase todos abandonados abruptamente no mês passado, levando a um aumento de novos casos que levaram os recursos médicos ao limite. […]

today7 de janeiro de 2023 12

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%