G1 Mundo

Questionada sobre Ucrânia, tenista belarussa número 2 do mundo cancela entrevistas em Roland Garros

today2 de junho de 2023 6

Fundo
share close

Após ser confrontada com perguntas sobre a guerra da Ucrânia, a tenista belarussa Aryna Sabalenka, atual número 2 no ranking do tênis mundial feminino, anunciou nesta sexta-feira (2) que não participará mais de entrevistas à imprensa em Roland Garros, que acontece esta semana em Paris, na França.

O anúncio acontece dois dias depois de Sabalenka – entre favoritas para vencer o torneio, um dos quatro mais importantes do mundo – se recusar a se posicionar sobre a guerra na Ucrânia e seu apoio ao presidente de Belarus, Alexander Lukashenko.

Lukashenko é hoje o principal aliado do líder russo, Vladimir Putin, e Belarus, vizinha da Ucrânia, tem servido de base para tropas e armamentos russos. Sabalenka foi recebida pelo presidente de seu país recentemente.



Após os jogos, por contrato, os tenistas devem sempre se apresentar para entrevistas à imprensa que cobre o torneio.

Nesta sexta, a belarussa faltou à coletiva, alegando problemas de saúde mental. Logo depois, ela afirmou que não se sentia segura nas entrevistas.

A organização de Roland Garros afirmou à agência de notícias Reuters que não multará Sabalenka por abandonar as entrevistas e que quer proteger a tenista.

No domingo (28), a ucraniana Marta Kostyuk se recusou a apertar a mão de Sabalenka após enfrentá-la na rodada inicial do torneio.

Depois, Kostyuk instou a jogadora belarussa a tomar uma posição pessoal contra a guerra, afirmando que ela tinha o dever de falar por causa de seu status – ela é uma das atuais estrelas da WTA, a associação mundial de tenistas mulheres.

Sabalenka afirmou que “nenhum atleta de Belarus ou da Rússia apoia a guerra”, mas na quarta-feira, respondeu que “não tenho comentários” ao ser perguntada sobre sua posição pessoal. Em seguida, jornalistas questionaram sobre o que acha do papel de Belarus no conflito, e ela voltou a dizer que não falaria.

Em uma terceira pergunta sobre sua relação com Lukashenko, o moderador interveio e Sabalenka acrescentou: “Você já tem respostas suficientes de mim e não tenho mais comentários.”.

Pelas redes sociais, cidadãos belarussos e outros atletas afirmaram que a tenista pode estar com medo de represálias ao voltar a seu país caso condene pessoalmente a guerra ou o governo do país, frequentemente acusado de autoritarismo e perseguição a opositores políticos.




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

policia-encontra-galpao-com-desmanche-de-veiculos-e-pecas-com-selos-adulterados-do-detran-no-litoral-de-sp;-video

G1 Santos

Polícia encontra galpão com desmanche de veículos e peças com selos adulterados do Detran no litoral de SP; VÍDEO

Um homem de 57 anos foi indiciado pela Polícia Civil em um galpão usado para desmanche irregular de veículos, em Santos, no litoral de São Paulo. No local também foram achadas peças com selos de identificação do Departamento Estadual de Trânsito de São Paulo (Detran-SP) adulterados. De acordo com o boletim de ocorrência, investigadores receberam informação de um suposto desmanche na Avenida Presidente Getúlio Dorneles Vargas, no bairro do Valongo. […]

today2 de junho de 2023 6

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%