G1 Santos

Recepcionista diz que Falcão mente ao negar assédio, revela ‘ódio’ e diz que ex-atleta fugiu de hotel em SP

today6 de agosto de 2023 9

Fundo
share close

Depois da denúncia, Falcão negou o caso e pediu demissão do cargo coordenador de futebol no Santos FC. Ele, inclusive, já deixou o apart hotel em que estava morando desde que assumiu a função no clube, em novembro de 2022. “Fugiu. Já foi embora”, disse ela, que prefere não se identificar e afirmou estar muito abalada com a repercussão do caso.

Assim que viu o posicionamento que o ex-jogador fez nas redes sociais, e foi publicado pela mídia, de que não havia cometido o crime, ela disse ter sentido raiva. “É tanta mentira. Me dá ódio, medo. Se consegue mentir dessa forma, o que pode fazer comigo?”, questionou.

A recepcionista reforçou que Falcão entrou em uma área restrita para funcionários com algumas roupas em mãos para mandar lavar.



Antes de entregá-las, porém, se aproximou dela falando sobre a câmera de monitoramento, momento em que ela disse ter sido importunada sexualmente na última sexta-feira (4). Na quarta-feira (2), segundo ela, a ação foi a mesma, inclusive o discurso escolhido.

Dessa vez, porém, a mulher contou ter se afastado e demonstrado ódio diante da situação, o que de acordo com a funcionária, assustou Falcão, que deixou as roupas e foi para o quarto.

A recepcionista disse à reportagem que ligou para o marido, que se deslocou para o apart hotel e conversou com o gerente do hotel. O síndico do prédio também foi acionado e, segundo ela, ligou para Falcão.

“O síndico ligou para ele e me pediu desculpa”, disse ela, reforçado que o posicionamento do ex-atleta na rede social é mentiroso.

O caso foi registrado na Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) de Santos. Por meio de nota, Falcão anunciou a própria demissão do Santos FC e negou ter cometido importunação sexual.

Paulo Roberto Falcão anuncia demissão em respeito à torcida do Santos FC e nega ter cometido importunação sexual — Foto: A Tribuna Jornal e Reprodução/Instagram

Por meio das redes sociais, Falcão afirmou: “Em respeito à torcida do Santos Futebol Clube, pelos recentes protestos diante do desempenho do time em campo, decidi deixar o cargo de coordenador esportivo”, disse.

Falcão ressaltou que o primeiro sentimento dele, ao tomar a decisão, é de defender a imagem da instituição. “Sobre a acusação feita nesta sexta-feira, que recebi com surpresa pela mídia, afirmo que não aconteceu”.

O g1 não localizou a defesa de Falcão até a última atualização desta matéria.

Importunação sexual: o que é e como denunciar?

Importunação sexual: o que é e como denunciar?

Paulo Roberto Falcão, de 69 anos, nasceu em Abelardo, Santa Catarina. Antes de ser dirigente de futebol foi jogador, treinador e comentarista esportivo.

Coordenador esportivo do Santos, Paulo Roberto Falcão — Foto: Raul Baretta/Santos FC

Volante em campo, estreou nos gramados com a camisa do Internacional, em 1973, onde permaneceu até se transferir para a Roma, da Itália, em 1980. Pendurou as chuteiras em 1986 com a camisa do São Paulo.

Com a camisa da seleção brasileira principal fez 34 jogos e sete gols. Esteve nas listas de convocação por dez anos, entre 1976 e 1986.

Logo após ter encerrado a carreira, em 1990, assumiu o comando técnico da seleção por um anos. Depois foi técnico do América (México), Internacional, Bahia, Sport, além do Japão.

Em 2022, após anos como comentarista esportivo, Falcão foi convencido pelo presidente do Santos FC, Andres Rueda, a assumir o cargo coordenador esportivo.

VÍDEOS: Mais assistidos do g1 nos últimos 7 dias




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Santos.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

terremoto-derruba-predios-e-deixa-21-feridos-na-china

G1 Mundo

Terremoto derruba prédios e deixa 21 feridos na China

Tremor foi seguido por 52 réplicas e deixou mais de 70 imóveis danificados, no domingo (6), pelo horário local. Terremoto deixou estragos na China, neste domingo (6) — Foto: CCTV Um terremoto deixou 21 pessoas feridas e causou estragos em dezenas de imóveis na China, neste domingo (6) pelo horário local — tarde de sábado (5) no Brasil. Segundo o Serviço Geológico dos Estados Unidos (USGS), o tremor foi de […]

today6 de agosto de 2023 4

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%