G1 Mundo

Reino Unido estuda entrada no Fundo Amazônia

today21 de novembro de 2022 15

Fundo
share close

Integrantes do governo britânico se reuniram com equipe de transição durante a COP 27, no Egito, para debater fundo. Senador Randolfe Rodrigues (Rede) disse ter solicitado o ingresso do Reino Unido em reunião com ministros do país em Sharm El-Sheik. Alemanha e Noruega já financiam programa.


Fundo Amazônia financia ações de redução de emissões de gases na Floresta Amazônica. — Foto: Reuters



O Reino Unido está avaliando se passa a integrar também o Fundo Amazônia, programa do governo brasileiro que financia ações de redução de emissões de gases na Floresta Amazônica e é bancado principalmente por países como a Alemanha e Noruega.

Ao g1, a Embaixada do Reino Unido no Brasil afirmou que o pedido para que o país integre o fundo foi oficialmente recebido e está sendo estudado. Não há prazo para que uma decisão seja tomada.

“Após conversas com diversos representantes do governo de transição no Egito, estamos avaliando as possibilidades (de integrar o fundo)”, afirmou a Embaixada britânica.

Após a eleição de Lula, a Noruega e a Alemanha, os principais patrocinadores do fundo, anunciaram que retomarão o financiamento. Ambos os países haviam cancelado sua participação no programa também em 2019, após a vitória de Bolsonaro.

Mais cedo, o senador Randolfe Rodrigues (Rede), que integra a equipe de transição do presidente eleito, Luiz Inácio Lula da Silva, disse que fez a solicitação ao Reino Unido durante reunião com os ministros do Clima e de Meio Ambiente do país na COP 27, a Conferência do Clima da Organização das Nações Unidas (ONU), que aconteceu até semana passada no Egito.

“VITÓRIA! A Embaixada britânica informou que solicitou a análise formal do nosso pedido para que o Reino Unido ingresse no Fundo Amazônia. Na COP27, eu e @helderbarbalho nos reunimos com os ministros do Clima, Graham Stuart, e do Meio Ambiente, Thérèse Coffey e fizemos a solicitação”, escreveu Randolfe em uma postagem na sua conta no Twitter.

Newsletter G1 Created with Sketch.

O que aconteceu hoje, diretamente no seu e-mail

As notícias que você não pode perder diretamente no seu e-mail.

Para se inscrever, entre ou crie uma Conta Globo gratuita.

Obrigado!

Você acaba de se inscrever na newsletter Resumo do dia.

Deseja receber as notícias mais importantes em tempo real? Ative as notificações do G1!




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

ucrania-afirma-que-descobriu-quatro-‘locais-de-tortura’-usados-pelos-russos-em-kherson

G1 Mundo

Ucrânia afirma que descobriu quatro ‘locais de tortura’ usados pelos russos em Kherson

Investigadores encontraram artefatos "utilizados para eletrocutar civis". Enterro de morador em Kherson, na Ucrânia — Foto: Valentyn Ogirenko/REUTERS O Ministério Público ucraniano afirmou nesta segunda-feira (21) que descobriu quatro "locais de tortura" usados pelos russos enquanto ocupavam Kherson, uma cidade no sul da Ucrânia que as forças de Kiev recuperaram em 11 de novembro. "Em Kherson, os promotores continuam determinando os crimes da Rússia", afirmou o MP ucraniano no Telegram. […]

today21 de novembro de 2022 18

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%