G1 Mundo

Sob ameaça de ataques a igrejas, Viena envia tropas armadas às ruas

today16 de março de 2023 13

Fundo
share close

Governo austríaco disse ter recebido uma série de ameaça de atentados em série nesta quarta (15) e enviou um comunicado à população para explicar o aumento significativo de policiais nas ruas.


A cidade de Viena, na Áustria, amanheceu nesta quarta-feira (15) com policiamento ostensivo nas ruas por conta de uma ameaça de ataque terrorista.



O governo austríaco enviou um comunicado público aos cidadãos da capital do país afirmando que o setor de inteligência detectou a ameaça e justificando a presença de mais policiais nas ruas.

De acordo com o comunicado, os ataques estão sendo planejados por terroristas jihaddistas e têm como algo as igrejas de Viena.

“Vocês notarão que atualmente há um número maior de policiais em patrulha com equipamentos especiais. O motivo é uma ameaça não específica de ataque contra igrejas”, disse a força policial da cidade no Twitter.

Policiais com coletes à prova de balas e armados com rifles circulam pelos principais pontos da cidade. Postos de controle foram também montados nas principais vias de acesso à capital austríaca.

Deseja receber as notícias mais importantes em tempo real? Ative as notificações do G1!

Você deseja continuar recebendo este tipo de sugestões de matérias?




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

compra-de-submarinos-dos-eua-pode-ter-consequencia-fatal-para-australia,-diz-ex-premie-australiano

G1 Mundo

Compra de submarinos dos EUA pode ter consequência fatal para Austrália, diz ex-premiê australiano

No domingo (12), Estados Unidos, Austrália e Reino Unido anunciaram uma parceria para aumentar a presença militar do Ocidente na região da Ásia-Pacífico - que engloba parte do Sudeste Asiático, da Ásia, do sul da Ásia e da Oceania. A intenção é fazer frente à expansão militar recente da China. Keating, que comandou a Austrália entre 1991 e 1996, criticou a parceria, que chamou de desnecessária. "A história vai julgar […]

today16 de março de 2023 14

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%