G1 Santos

Suspeito de sequestrar e manter repórter em cativeiro é preso em SP

today5 de junho de 2024 3

Fundo
share close

Edson Gonçalves de Siqueira, membro do PCC e suspeito de envolvimento no sequestro do repórter Guilherme Portanova, em 2006, foi capturado por PMs rodoviários na Via Anchieta, em Cubatão (SP). Condenado por homicídio, organização criminosa, tráfico de drogas e de armas, ele estava foragido desde 2021, quando deixou a Penitenciária Presidente Venceslau II em uma saidinha temporária e não retornou.

O criminoso, de 46 anos, foi preso em flagrante acompanhado de duas mulheres em um veículo blindado. Segundo a Polícia Militar Rodoviária (PMRv), Edson estava parado conversando em frente ao carro, que estava parado no acostamento.

Os policiais solicitaram a documentação do homem, que ignorou a ordem, entrou no veículo e fugiu do local. Os agentes, no entanto, o alcançaram no km 58 da rodovia, quando o criminoso bateu em dois automóveis. Ele tentou escapar a pé, mas acabou detido.



A equipe realizou uma vistoria mas não encontrou nada de ilícito no carro. Em consulta no sistema da polícia, os PMs constaram que o homem era procurado pela Justiça.

As mulheres que o acompanhavam conseguiram fugir. O caso foi registrado em 20 de maio na Delegacia de Cubatão como adulteração da placa do veículo, acidente de trânsito, uso de documento falso e captura de procurado.

De acordo com a Secretária de Segurança Pública do Estado de São Paulo (SSP-SP), o suspeito estava foragido desde que foi beneficiado por uma saída temporária. Ele cumpre pena por homicídio, organização criminosa, além de tráfico de drogas e de armas.

Conhecido também como ‘Gordinho’ e ‘Irmão Fênix’, Edson também foi denunciado por fornecer armas para o PCC e é um dos suspeitos de participar do sequestro do repórter Guilherme Portanova e do auxiliar técnico Alexandre Calado, em 2006.

As vítimas foram abordadas em uma padaria próxima à emissora em São Paulo (SP), em 12 de agosto daquele ano, colocadas à força em um carro e levadas a um cativeiro, onde foram mantidas por mais de 40 horas.

Guilherme Portanova — Foto: Gabriel Luiz/G1

Conforme apurado à época, ‘Gordinho’ teria sido preso em Guarulhos (SP) quatro dias antes do sequestro e solto em seguida após pagar R$ 10 mil de propina.

Ele voltou a ser detido depois que um integrante da facção criminosa o apontou como o fornecedor de armas para os atentados contra postos policiais em 2006.

VÍDEOS: g1 em 1 minuto Santos




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Santos.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

projeto-troca-materiais-reciclaveis-por-massagens-no-dia-mundial-do-meio-ambiente;-saiba-como-participar

G1 Santos

Projeto troca materiais recicláveis por massagens no Dia Mundial do Meio Ambiente; saiba como participar

Voluntários receberão doações de tampinhas plásticas, lacres de alumínio e latas de desodorante aerossol vazias no bairro Gonzaga, em Santos (SP). Projeto Tampinhas do Futuro arrecada tampinhas, lacres e latas de desodorante aerossol em Santos (SP) — Foto: Reprodução/Redes Sociais Uma equipe de voluntários receberão doações de tampinhas plásticas, lacres de alumínio e latas de desodorante aerossol vazias em troca de massagens relaxantes em Santos, no litoral de São Paulo. […]

today5 de junho de 2024 8

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%