G1 Mundo

Suspeito do assassinato de Tupac Shakur, em 1996, se declara inocente em tribunal de Las Vegas

today4 de novembro de 2023 5

Fundo
share close

Duane “Keffe D” Davis, de 60 anos, foi acusado formalmente em setembro deste ano por um grande júri do Condado de Clark e preso em Las Vegas pela morte de Shakur. Ele é suspeito de liderar um grupo de homens para matar o artista.

Tupac é considerado um dos maiores artistas da música rap e foi também um dos mais bem-sucedidos comercialmente, vendendo mais de 75 milhões de discos em todo o mundo.

Rapper Tupac Shakur, morto em 1996 — Foto: Reprodução/TV Globo



Na noite do crime, Tupac estava em um BMW dirigido pelo fundador da Death Row Records, Marion “Suge” Knight, em um comboio de cerca de 10 carros.

Eles estavam esperando em um sinal vermelho quando um Cadillac branco parou ao lado deles e um tiroteio começou. Tupac foi baleado várias vezes e morreu uma semana depois, aos 25 anos.

Em 2018, após um diagnóstico de câncer, Davis admitiu publicamente em uma entrevista para um programa estar dentro do Cadillac durante o ataque.

As autoridades disseram que ele orquestrou uma conspiração para vingar o espancamento de seu sobrinho, Orlando Anderson, por Tupac e membros de sua comitiva poucas horas antes do tiroteio.

Em entrevista coletiva após a prisão de Davis, a polícia mostrou imagens de câmeras de segurança que mostram vários homens chutando e socando uma pessoa que identificaram como Anderson.

Segundo a polícia, após essa briga; Davis, Anderson e outros dois homens entraram no Cadillac branco com uma arma, em busca do carro onde estava Tupac. Seis tiros foram disparados contra o lado do passageiro e o rapper foi atingido quatro vezes.

As autoridades não disseram quem realmente atirou contra o artista. Os outros três que estavam no Cadillac com Davis morreram desde então.

Entrevistas e livro de memória transformam testemunha em suspeito da morte de Tupac

Entrevistas e livro de memória transformam testemunha em suspeito da morte de Tupac




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

colombia-vai-sacrificar-parte-dos-hipopotamos-descendentes-dos-animais-importados-por-pablo-escobar

G1 Mundo

Colômbia vai sacrificar parte dos hipopótamos descendentes dos animais importados por Pablo Escobar

A Colômbia vai sacrificar alguns dos hipopótamos descendentes dos animais que foram importados por Pablo Escobar, antigo líder do Cartel de Medellín, que morreu em 1993. Atualmente, há 166 hipopótamos e, segundo cálculos do ministério do Ambiente, até 2035 poderiam ser 1.000, caso sua reprodução não fosse freada. Os animais estão se reproduzindo sem controle, informou Susana Muhamad, ministra do Ambiente da Colômbia, nesta quinta-feira (2). Os animais vivem no […]

today4 de novembro de 2023 3

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%