G1 Mundo

Suspeitos de envolvimento na explosão de mesquita no Paquistão são detidos pela polícia

today1 de fevereiro de 2023 15

Fundo
share close

A polícia, que investiga um atentado suicida que matou mais de 100 pessoas em uma mesquita no Paquistão, disse nesta terça-feira (31) que várias pessoas foram presas e não pode descartar a possibilidade de que o homem-bomba tenha tido ajuda interna para escapar das verificações de segurança.

O atentado foi o mais mortífero em uma década a atingir Peshawar, uma cidade rebelde do noroeste perto da fronteira afegã, e todos os mortos, exceto três, eram policiais, tornando-o o mais significativo para as forças de segurança do Paquistão na história recente.

O homem-bomba explodiu na segunda-feira enquanto centenas de fiéis se reuniam para as orações do meio-dia em uma mesquita construída especificamente para a polícia e suas famílias que vivem em uma área altamente fortificada.



Homem olha para mesquita que foi alvo de atentado suicida em 30 de janeiro de 2023 — Foto: Fayaz Aziz/REUTERS

“Encontramos algumas pistas excelentes e, com base nessas pistas, fizemos algumas prisões importantes”, disse o chefe da polícia de Peshawar, Ijaz Khan, à Reuters.

Os investigadores, que incluem agentes antiterroristas e de inteligência, estão se concentrando em como o agressor conseguiu violar os postos de controle militar e policial que levam ao distrito de Police Lines, um acampamento independente no centro da cidade que abriga policiais de escalão inferior e suas famílias.

O ministro da Defesa, Khawaja Asif, disse que o homem-bomba estava na primeira fila da sala de orações quando atacou. Os restos mortais do agressor foram recuperados, disse o chefe de polícia da província, Moazzam Jah Ansari, à Reuters.

“Acreditamos que os atacantes não são um grupo organizado”, acrescentou.




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

reino-unido-faz-maior-greve-geral-em-uma-decada

G1 Mundo

Reino Unido faz maior greve geral em uma década

Professores, funcionários públicos e dos serviços de transporte público param nesta quarta-feira (1º). Eles pedem aumento de salário compatível com crescimento do custo de vida no país. Reino Unido enfrenta maior greve geral em décadas Professores, funcionários públicos, maquinistas de trem e motoristas de ônibus do Reino Unido fazem nesta quarta-feira (1º) a maior greve geral do país na última década. A paralisação é um protesto por melhores salários diante […]

today1 de fevereiro de 2023 14

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%