G1 Mundo

Ucrânia afirma que descobriu quatro ‘locais de tortura’ usados pelos russos em Kherson

today21 de novembro de 2022 18

Fundo
share close

Investigadores encontraram artefatos “utilizados para eletrocutar civis”.


Enterro de morador em Kherson, na Ucrânia — Foto: Valentyn Ogirenko/REUTERS



O Ministério Público ucraniano afirmou nesta segunda-feira (21) que descobriu quatro “locais de tortura” usados pelos russos enquanto ocupavam Kherson, uma cidade no sul da Ucrânia que as forças de Kiev recuperaram em 11 de novembro.

“Em Kherson, os promotores continuam determinando os crimes da Rússia”, afirmou o MP ucraniano no Telegram. A mensagem informa que as autoridades encontraram “locais de tortura em quatro prédios”.

Entre os quatro prédios visitados pelos pesquisadores estão “centros de detenção provisória” de antes da guerra, “onde, durante a tomada da cidade, os ocupantes detiveram pessoas ilegalmente e as torturaram brutalmente”.

Soldados ucranianos andam nas ruas de Kherson com incêndio logo atrás deles — Foto: BULENT KILIC / AFP

Os investigadores apreenderam “pedaços de bastões de borracha, um bastão de madeira, um dispositivo usado pelos ocupantes para eletrocutar civis, uma lâmpada incandescente e balas”, explicou a fonte, dez dias depois que o Exército ucraniano retomou Kherson.

“O trabalho para estabelecer os locais de tortura e detenção ilegal de pessoas continua”, disse o Ministério Público, que observou que também deseja “identificar todas as vítimas”.

Newsletter G1 Created with Sketch.

O que aconteceu hoje, diretamente no seu e-mail

As notícias que você não pode perder diretamente no seu e-mail.

Para se inscrever, entre ou crie uma Conta Globo gratuita.

Obrigado!

Você acaba de se inscrever na newsletter Resumo do dia.

Deseja receber as notícias mais importantes em tempo real? Ative as notificações do G1!




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

catar-envia-mensagem-de-conciliacao-a-diversidade,-com-prazo-de-validade-de-duracao-da-copa-do-mundo

G1 Mundo

Catar envia mensagem de conciliação à diversidade, com prazo de validade de duração da Copa do Mundo

Soou estranho quando, da tribuna de honra do estádio Al Bayt, em Doha, o emir do Catar, Tamim bin Hamad al Thani, conclamou à celebração da diversidade e do diálogo, ao abrir a primeira Copa do Mundo no Oriente Médio. As volumosas críticas e campanhas de boicote vêm ofuscando o torneio de futebol no emirado anfitrião, com histórico alarmante de direitos humanos, que oprime mulheres, criminaliza homossexuais e impõe trabalhos […]

today21 de novembro de 2022 32

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%