G1 Mundo

Urso pardo mata mulher que fazia trilha na natureza nos EUA

today25 de julho de 2023 6

share close

O corpo de uma mulher foi encontrado perto do Parque de Yellowstone, nos Estados Unidos.


Imagem de um urso pardo — Foto: Divulgação/Bioparque



Um urso pardo matou uma mulher que fazia uma trilha em uma região de floresta perto do Parque de Yellowstone, nos Estados Unidos, no sábado (24), de acordo com um comunicado do órgão responsável pelos parques naturais americanos.

As pegadas do urso estavam ao redor do corpo da mulher, cuja identidade não foi revelada. Isso ocorreu a cerca de um quilômetro da área do parque nacional.

A mulher estava sozinha, e não foi encontrado nada que pudesse afastar o urso, como uma arma ou um spray que afasta ursos.

Algumas áreas do parque foram fechadas após o incidente. Várias estradas e trilhas estão fechadas até 25 de agosto devido à atividade de ursos, de acordo com o Serviço Florestal dos EUA.

Não se sabe exatamente o que ocorreu durante o encontro entre a mulher e o animal.

Na Itália, uma ursa matou um homem que corria em uma trilha em uma região montanhosa. O governo regional queria executar o animal, mas a Justiça decidiu que isso não será feito (ainda cabe recurso, no entanto).

Deseja receber as notícias mais importantes em tempo real? Ative as notificações do G1!




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

G1 Mundo

Presidente do Equador decreta estado de exceção após assassinato de prefeito

O presidente do Equador, Guillermo Lasso, decretou nesta segunda-feira (24) estado de exceção na cidade de Durán e nas províncias costeiras de El Oro e Manabí, onde um prefeito foi morto a tiros neste domingo. As regiões terão toque de recolher das 22h às 5h, disse o presidente. A medida será aplicada por 60 dias, devido a "uma comoção interna grave", e permite ao governo mobilizar a força pública em patrulhas conjuntas entre a polícia e as Forças Armadas. "Não […]

today25 de julho de 2023 6

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%