G1 Santos

Viação Fênix alega falta de recursos e transporte público pode ser afetado em Cubatão, SP

today13 de agosto de 2022 28

Fundo
share close

Empresa diz a operação será mantida na cidade enquanto houver combustível em estoque. Prefeitura afirma que já intimou a Viação Fênix e que não permitirá prejuízos ao transporte público.

Fênix Viação diz que não tem recursos para custear o transporte coletivo em Cubatão — Foto: Prefeitura de Cubatão



A Viação Fênix, concessionária de transporte coletivo de Cubatão (SP), emitiu um comunicado informando que, a partir deste sábado (13), poderá não ser apta a custear com toda a operação do serviço público de transporte coletivo. A empresa diz que não tem recursos para adquirir óleo diesel e que a operação será mantida na cidade enquanto houver combustível em estoque.

A Viação Fênix divulgou o comunicado na noite desta sexta-feira (12). A empresa informou que, desde o início da operação em Cubatão, o contrato está desequilibrado econômica e financeiramente.

Segundo a empresa, a prefeitura não vem tomando as medidas necessárias para o restabelecimento do equilíbrio do contrato e os prejuízos vêm se acumulando desde 2019. As receitas não bastam para arcar com o pagamento da folha de salários e o óleo diesel.

A empresa disse que não tem mais condições de arcar com os prejuízos e adquirir óleo diesel. Por isso, a operação será mantida na cidade enquanto houver combustível em estoque.

“Assim, fica a população alertada que poderá haver diminuição na oferta de transporte pela falta de recursos para a compra de óleo diesel. No momento que a Prefeitura nos conferir os meios necessários, retomaremos a operação plena do serviço”, disse a empresa, por meio de nota.

Frota de ônibus em Cubatão — Foto: Divulgação/Prefeitura de Cubatão

Após o comunicado da Viação Fênix, a Prefeitura de Cubatão também emitiu uma nota sobre o assunto. A prefeitura disse que foi informada, no fim da tarde desta sexta-feira, pela direção da Viação Fênix, de que a empresa poderia paralisar a operação do transporte coletivo a partir deste sábado.

A prefeitura afirmou que já intimou a empresa para que mantenha a operação normal dos ônibus em sua quantidade e qualidade, como prevê o atual contrato. A paralisação ou diminuição dos serviços é passível de multa.

A administração disse que vem cumprindo as obrigações de pagamento mensal do referido contrato, celebrado e acordado entre as partes e que está adimplente com os pagamentos do subsídio mensal sobre cada passagem cheia. De janeiro a julho de 2022, a Prefeitura diz que pagou à empresa Fênix o valor de R$ 4.422.438,00 mi.

A prefeito Ademário Oliveira solicitou à Procuradoria Geral do Município a análise das reivindicações e alegação advindas da Viação. Segundo a prefeitura, as solicitações da empresa causam estranheza à administração municipal pelo fato da concordância da Fênix na assinatura do contrato.

O sindicato da categoria informou à prefeitura que os motoristas comparecerão normalmente ao serviço, e que não há débitos no pagamento dos salários. A Prefeitura de Cubatão ainda disse que não permitirá prejuízos ao transporte público, bem como não onerará a municipalidade com reivindicações infundadas.

VÍDEOS: Mais assistidos do g1 nos últimos 7 dias

Newsletter G1 Created with Sketch.

O que aconteceu hoje, diretamente no seu e-mail

As notícias que você não pode perder diretamente no seu e-mail.

Para se inscrever, entre ou crie uma Conta Globo gratuita.

Obrigado!

Você acaba de se inscrever na newsletter Resumo do dia.

Deseja receber as notícias mais importantes em tempo real? Ative as notificações do G1!




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Santos.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

em guaruja, projeto vem dancar mistura-ritmos de anos 80, samba, forro e salsa

Prefeitura de Guarujá

Em Guarujá, Projeto Vem Dançar mistura ritmos de anos 80, samba, forró e salsa

O projeto, conduzido pelo professor do Município Régis Cardoso, abraça um público de 16 a 80 anos, sendo uma terapia para quem participa Em Guarujá, o Projeto Vem Dançar, realizado por meio da Secretaria de Cultura (Secult) e coordenado pelo professor Régis Cardoso, tem transformado vidas, levando cada vez mais auto-estima àqueles que participam, através de uma mistura de ritmos diversos, como anos 80, samba, forró, salsa e muito mais. Um exemplo de evolução é Neciria María Noia Feitosa, de 62 anos. Ela participa do projeto no bairro Santo Antônio .Quando iniciou as aulas, chegou […]

today13 de agosto de 2022 17

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%