G1 Santos

Vídeo mostra sargento da PM sendo executado a tiros enquanto varria rua em SP

today9 de setembro de 2023 9

Fundo
share close

Imagens obtidas pelo g1 neste sábado (9) mostram o momento exato em que o sargento aposentado Gerson Antunes Lima, de 55 anos, foi morto a tiros em São Vicente, no litoral de São Paulo. O policial estava varrendo a rua quando foi abordado por dois homens de moto, que efetuaram os disparos e fugiram em seguida (veja o vídeo acima).

O crime aconteceu na Rua Juarez Távora, na Cidade Náutica. Nas imagens, é possível ver que o sargento está varrendo a rua, em frente a uma casa, por volta das 16h15. Dois homens chegam em uma moto e um deles salta do veículo e, imediatamente, aponta a arma e começa a disparar contra a vítima, que não consegue se defender.

Vítima estava varrendo a calçada quando foi surpreendida por policias em Praia Grande (SP) — Foto: Reprodução



As imagens mostram quando o sargento é atingido pelo primeiro disparo, se agacha e cai na calçada. O criminoso se aproxima e continua atirando na direção dele. Para tentar se proteger, o policial tenta se esconder atrás de um poste, mas não consegue. Ele acaba sendo baleado por, pelo menos, mais três disparos.

Nessa hora, outra moto com mais dois homens chega na cena do crime. Um dos criminosos chega perto do policial, que já está baleado no chão. Ele confere se o homem está mesmo ferido. Depois, os dois fogem em duas motos.

De acordo com a corporação, Gerson Antunes Lima chegou a ser socorrido no pronto-socorro do Hospital do Vicentino, no bairro Vila São Jorge, mas não resistiu aos ferimentos e morreu no local.

O sargento Gerson Antunes Lima, de 55 anos, morreu após ser baleado em São Vicente (SP) — Foto: Reprodução

A PM informou que o agente estava inativo desde 2019. Segundo a corporação, a última unidade em que Gerson atuou foi na 1ª Companhia do 45º Batalhão de Polícia Militar do Interior (BPM/I).

Por meio de nota, a Polícia Militar lamentou a morte de mais um “companheiro de farda” na Baixada Santista. Segundo a corporação, Gerson é o oitavo policial militar morto na região desde janeiro deste ano, sendo sete inativos.

A PM pontuou que, além disso, outros 12 agentes já foram feridos em 2023 no litoral paulista, oito deles em serviço, três em folga e um inativo.

Secretário de Segurança de SP

O secretário de Segurança do Estado de São Paulo, Guilherme Derrite, também comentou sobre a morte do PM aposentado.

Por meio das redes sociais, ele afirmou que as forças policiais vão “atrás dos responsáveis” pelos ataques aos agentes (veja abaixo).

Secretário de Segurança do Estado de São Paulo, Guilherme Derrite, comentou sobre a morte do PM aposentado — Foto: Reprodução

VÍDEOS: g1 em 1 minuto Santos




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Santos.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

jovem-morre-ao-ser-atingida-por-bala-perdida-na-cabeca-durante-operacao-policial-no-litoral-de-sp

G1 Santos

Jovem morre ao ser atingida por bala perdida na cabeça durante operação policial no litoral de SP

Um tiroteio durante uma operação policial terminou com uma jovem morta e três pessoas feridas em Santos, no litoral de São Paulo. Yasmin Isabel Alves do Carmo, de 22 anos, foi atingida na cabeça, por uma bala perdida, enquanto estava passando pela rua, assim como outras duas vítimas que sobreviveram. Um policial também foi baleado durante a ocorrência, enquanto o bandido fugiu. A troca de tiros ocorreu na noite da […]

today9 de setembro de 2023 13

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%