Tocando:

Rádio 97Web

Vizinhos denunciaram mãe de Laura Orlandi por maus-tratos

Escrito por em 20 de abril de 2021

No último final de semana surgiram novas informações sobre o caso da menina de 3 anos, Laura Orlandi, que estaria sendo vítima de maus-tratos pelo pai, porém em novos documentos Tatiana, mãe da criança é acusada de maltratar a filha.

Em 2019, os vizinhos de Tatiana Maria da Silva, mãe de Laura, fizeram um abaixo-assinado pedindo a saída dela do condomínio, alegando que ela não se dava bem com ninguém e citando as inúmeras reclamações de som alto e gritos com a filha dentro do apartamento.

Do mesmo modo, uma página no Instagram, @manaemanos, defendeu o pai de Laura postando vídeos da relação afetiva com o pai, em momento de carinho, defendendo a luta por “falsas denúncias e injustiças”, as imagens são diferentes das divulgadas por Tatiana.

A página criada pela mãe no Instagram @justicaporlauraorlandi continha vários vídeos da menina chorando ao ser deixada com o pai, as imagens já foram removidas, porém ela ainda mantém a história de que o pai não deixa ela falar com a filha.

Em contrapartida, Cristiano Orlandi, o pai da menina,  nega as acusações de maus-tratos feitas pela mãe e diz que tem uma relação saudável com a filha, que eles são companheiros e que ela brinca direto com o enteado dele.

Orlandi revelou que ele só pediu a guarda recentemente depois que os vizinhos de onde a filha morava com a mãe contaram para ele que ela recebia diversos homens em casa, fazia festas e a menina ficava trancada no banheiro gritando ou assistia as situações.

O pai de Laura também alegou que nos vídeos postados pela mãe, na qual a criança aparece chorando, era devido a alienação parental, e que minutos depois a menina já estava feliz e brincando. Orlandi também disse que não esperava por isso:

“O estrago que essa exposição nas redes sociais, carregada de inverdades, causou na minha família é imensurável. Somos ameaçados de todas as formas. Encontro forças para seguir num único objetivo, que é muito claro: o bem-estar e a dignidade da minha filha. Nunca pensei que as coisas fossem tomar essa proporção”.

“Eu sempre tive receio das atitudes da Tatiana, mas usar a Laura como meio para me prejudicar, isso eu nunca imaginei. Só espero que isso acabe logo e que minha filha seja preservada”, acrescentou.




Opinião dos visitantes

Deixe um Comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *