G1 Mundo

‘Vou fazer o que for possível para acabar com os crimes do regime de Putin’, diz ex-mercenário do Grupo Wagner

today26 de junho de 2023 8

Fundo
share close

O Fantástico contou a história do grupo paramilitar que desafiou o poder do presidente da Rússia, Vladimir Putin.




‘Vou fazer o que for possível para acabar com os crimes de Putin’, diz ex-mercenário

‘Vou fazer o que for possível para acabar com os crimes de Putin’, diz ex-mercenário

“Agora que eu me sinto em segurança, vou fazer o que for possível para acabar com os crimes do regime de Putin”.

Alexander entrou no grupo paramilitar em 2014, no leste da Ucrânia, em Donbas, quando parte da população passou a protestar pedindo a independência da região. Começou uma guerra civil entre os separatistas e a Ucrânia. Embora, oficialmente, a Rússia não tenha participado do conflito, a aliança entre os separatistas de Donbas e nacionalistas russos era visível nas ruas.

Alexander e 60 outros voluntários chegaram à cidade de Luhansk, no leste ucraniano, sem que fossem oficialmente militares, mas com armas fornecidas pelo exército da Rússia. A participação desses nacionalistas armados foi decisiva para que duas regiões da Ucrânia declarassem a independência, Luhansk e Donetsk.

A possibilidade de usar homens armados num conflito sem que a comunidade internacional pudesse acusar envolvimento da Rússia foi a deixa para a criação do Grupo Wagner.

De acampamento em quartel a minas de ouro na África: como surgiu o Grupo Wagner

De acampamento em quartel a minas de ouro na África: como surgiu o Grupo Wagner

Ouça os podcasts do Fantástico

Deseja receber as notícias mais importantes em tempo real? Ative as notificações do G1!




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

biden-diz-nao-ter-tido-envolvimento-com-rebeliao-do-grupo-wagner-na-russia

G1 Mundo

Biden diz não ter tido envolvimento com rebelião do grupo Wagner na Rússia

Presidente dos EUA fala pela primeira vez desde fim do motim de mercenários contra as tropas de Vladimir Putin. O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, afirmou nesta segunda-feira (26) que Washington e seus aliados ocidentais não tiveram qualquer participação na rebelião realizada na sexta-feira (23) pelo grupo paramilitar russo Wagner contra o governo de Vladimir Putin. Esta foi a primeira vez que Biden falou desde o fim do motim, […]

today26 de junho de 2023 8

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%