G1 Mundo

Após encontro com Zelensky, ministro diz que Lula pode se encontrar com Putin ‘se houver essa possibilidade’

today20 de setembro de 2023 7

Fundo
share close

Lula se reuniu com o presidente ucraniano nesta quarta-feira em Nova York; segundo o governo eles discutiram relações bilaterais além da guerra entre Ucrânia e Rússia.


  • Ministro ressaltou ‘diálogo aberto’ com o governo de Putin.



  • Mauro Vieira defendeu atuação por conversa direta entre Rússia e Ucrânia.

  • Chanceler vai se reunir nos EUA com ministro das Relações Exteriores russo.

O ministro das Relações Exteriores, Mauro Vieira, afirmou nesta quarta-feira (20) que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) poderá encontrar o presidente da Rússia, Vladimir Putin, “se houver essa possibilidade”.

“Olha, o presidente Lula já se encontrou inúmeras vezes, no passado, com o presidente Putin. Se houver a condição, se houver essa possibilidade, eu não tenho dúvida que se encontrarão”, disse Vieira ao ser questionado se Lula se encontraria com Putin após o encontro com o ucraniano.

O chefe do Itamaraty também afirmou que, na conversa com Zelensky, Lula deixou claro que o Brasil está aberto a discutir e conversar com diversos atores para promover um entendimento entre Rússia e Ucrânia e dar início a “alguma conversa direta entre as duas partes envolvidas”.

O ministro foi então questionado por jornalistas se a Rússia teria pedido um encontro entre Putin e Lula. Mauro Vieira disse que o canal de diálogo entre os países é aberto.

Lula e Zelensky se reúnem presencialmente em Nova York nesta quarta-feira (20). — Foto: Ricardo Stuckert/Planalto

“A Rússia tem todo o diálogo também aberto com o Brasil. O presidente Lula já falou, que eu saiba, também com o presidente Putin. Eu tenho contato com o ministro Sergey Lavrov, inclusive já o recebi no Brasil. E ainda vou me encontrar com ele aqui também”, disse Vieira.

“Portanto, nós mantemos, o Brasil dialoga com todos. Nós mantemos canais abertos com todos os países e estamos dispostos e prontos a ouvir todos os lados e, nesse caso específico, os dois lados para ver onde se pode encontrar um ponto em comum que permita que se comece a conversar sobre paz”, completou o ministro.

Deseja receber as notícias mais importantes em tempo real? Ative as notificações do G1!

http://g1.globo.com/

http://g1.globo.com/




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

corrida-armamentista:-arabia-saudita-desenvolvera-armas-nucleares-se-o-ira-o-fizer-primeiro

G1 Mundo

Corrida armamentista: Arábia Saudita desenvolverá armas nucleares se o Irã o fizer primeiro

A Arábia Saudita desenvolverá uma arma nuclear se seu adversário, o Irã, o fizer primeiro, disse o príncipe herdeiro saudita, Mohammed bin Salman, durante uma entrevista nesta quarta-feira (20). "Se eles obtiverem uma, nós teremos que consegui-la", disse o líder de fato do país do Golfo à Fox News. Na terça-feira, o presidente iraniano, Ebrahim Raisi, disse que os Estados Unidos deveriam demonstrar sua “boa vontade e determinação” para retomar […]

today20 de setembro de 2023 5

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%