G1 Mundo

Biden diz a Netanyahu que os EUA não participarão de eventual contra-ataque israelense contra o Irã

today14 de abril de 2024 3

Fundo
share close

Num comunicado divulgado após os ataques, Biden afirmou ter dito a Netanyahu que Israel “demonstrou uma capacidade notável para se defender e derrotar até mesmo ataques sem precedentes”.

Biden não disse no comunicado se ele e Netanyahu discutiram uma possível resposta israelense ou um potencial envolvimento dos EUA.

No entanto, John Kirby, o principal porta-voz de segurança nacional da Casa Branca, afirmou no domingo (14) ao programa “This Week” da ABC que os Estados Unidos continuarão a ajudar Israel a se defender, mas não querem a guerra com o Irã.



Questionado se os Estados Unidos apoiariam a retaliação de Israel no Irã, Kirby disse que “o nosso compromisso é inflexível” em defender Israel e em “ajudar Israel a defender-se”.

“E como o presidente disse muitas vezes, não procuramos uma guerra mais ampla na região. Não procuramos uma guerra com o Irã. E penso que vou deixar por isso mesmo”, acrescentou Kirby.

E o porta-voz da Diplomacia Pública de Israel, Avi Hyman, afirmou que o primeiro-ministro Benjamin Netanyahu ameaçou “ferir qualquer um” que tenha planos de atacar Israel.

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden — Foto: Reuters

Israel foi alvo de um ataque inédito do Irã na noite de sábado — madrugada de domingo pelo horário local. Mais de 300 artefatos, incluindo drones e mísseis, foram lançados contra o país.




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

paciencia-estrategica-ou-nova-escalada:-como-israel-pode-responder-a-ataque-do-ira

G1 Mundo

Paciência estratégica ou nova escalada: como Israel pode responder a ataque do Irã

O que vem a seguir dependerá, em grande parte, de como Israel decidir responder ao ataque deste fim de semana. Os países da região e de outros lugares, incluindo aqueles que são inimigos do regime iraniano, pediram contenção. A posição do Irã é mais ou menos assim: "Conta acertada, ponto final, não revide ou montaremos um ataque muito mais forte contra vocês, que não serão capazes de repelir." Mas Israel […]

today14 de abril de 2024 6

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%