G1 Mundo

Brasil assume presidência do Conselho de Segurança da ONU e quer pautar paz e igualdade de gênero

today30 de setembro de 2023 12

Fundo
share close

“É um evento que está na agenda para chamar a atenção para o papel que as mulheres podem exercer nos processos de prevenção e resolução de conflitos e presença nas operações de paz”, afirmou o secretário de Assuntos Multilaterais Políticos do MRE, embaixador Carlos Márcio Cozendey.

O Conselho de Segurança da ONU é composto por 15 países – cinco com cadeiras fixas (China, Estados Unidos, França, Reino Unido e Rússia) e 10 posições rotativas (veja mais abaixo). A presidência é revezada por todos os integrantes.



Na ONU, Lula defende prioridade no combate à desigualdade e cobra de países ricos o enfrentamento às mudanças climáticas

Na ONU, Lula defende prioridade no combate à desigualdade e cobra de países ricos o enfrentamento às mudanças climáticas

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) reivindica, desde o primeiro mandato, um assento permanente para o país no grupo. No entanto, a discussão não avançou.

Recentemente, o Brasil condicionou seu apoio à ampliação do Brics ao apoio, por parte dos países que já integram o grupo, à proposta brasileira de reforma do Conselho de Segurança da ONU, com vagas fixas também para África do Sul e Índia.

Ao ser questionado se o Brasil pretende usar a presidência do conselho para avançar no tema, o embaixador Carlos Márcio Cozendey disse que ainda não há indicação nesse sentido.

O que é o Conselho de Segurança da ONU?

Reunido pela primeira vez em janeiro de 1946, logo depois do fim da Segunda Guerra Mundial, o Conselho de Segurança da ONU é o organismo que, de acordo com a Carta das Nações Unidas, tem quatro missões:

  • manter a paz e a segurança internacional
  • desenvolver relações amistosas entre as nações
  • cooperar em resolver problemas internacionais e em promover o respeito aos direitos humanos
  • ser um centro para harmonizar as ações das nações

Diante de crises, os integrantes do conselho podem estabelecer diretrizes para que os países em conflito cheguem a acordo, enviar missões e iniciar investigações, por exemplo.

Quando há hostilidades mais graves, com conflito ou risco iminente de confrontos, o colegiado pode ajudar a formar um cessar-fogo ou mesmo enviar forças de paz. Em casos extremos, sanções ou até ações militares coletivas podem ser aplicadas.

Quais países integram o grupo?

No total, são 15, mas só cinco são membros permanentes:

  1. China
  2. Estados Unidos
  3. França
  4. Reino Unido
  5. Rússia

Esses cinco países têm poder de veto — ou seja, um desses integrantes pode vetar propostas de resoluções do conselho. Isso ocorre por razões relacionadas aos interesses nacionais locais, incluindo proximidade política de nações com outras.

Os outros dez assentos são ocupados por países de forma rotativa. Os atuais são:

  1. Brasil
  2. Gabão
  3. Gana
  4. Emirados Árabes Unidos
  5. Albânia
  6. Equador
  7. Japão
  8. Malta
  9. Moçambique
  10. Suíça

A presidência do grupo é rotativa e, antes do Brasil, era exercida pelos Emirados Árabes.




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

as-imagens-das-graves-inundacoes-que-deixaram-nova-york-em-estado-de-emergencia

G1 Mundo

As imagens das graves inundações que deixaram Nova York em estado de emergência

Linhas de metrô foram inundadas e fechadas, ruas ficaram bloqueadas pelo volume de água e, em alguns pontos, houve relatos de queda de árvores. Chuva forte coloca Nova York em emergência nesta sexta-feira (29) Foi o nono dia mais chuvoso que a cidade americana já experimentou desde que os registros começaram, em 1869. “Esta é uma tempestade perigosa e com risco de vida”, disse a governadora de Nova York, Kathy […]

today30 de setembro de 2023 6

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%