G1 Mundo

Brasileira relata pânico ao ver parede de apartamento rachar durante terremoto em Taiwan: ‘Tinha certeza que ia cair’

today3 de abril de 2024 1

Fundo
share close

“Nunca na vida imaginei que iria experenciar essa sensação. As coisas começaram a cair das prateleiras, da mesa. Eu vou aqui para debaixo da mesa e fiquei segurando com uma mão a estrutura da mesa e com a outra mão a minha cabeça. É isso, não tem o que eu possa fazer.”

“E muito medo, muita gente gritando, bem caos. Cenário de filme. Principalmente quando vi a rachadura da parede e comecei a ver que estava caindo um pedacinho de gesso no chão. Meu prédio tem sete andares, estou no quinto. Ali eu tinha certeza que ia cair”.

Ela contou ainda que ficou em choque ao saber das mortes no condado montanhoso e pouco povoado de Hualien, que fica próximo ao epicentro do tremor, na costa leste da ilha, a cerca de 150 km da capital, Taipei.



Há duas semanas a jovem estava no local fazendo trilhas. “Que gratidão de poder estar aqui”, afirmou.

De acordo com a Agência Meteorológica do Japão, o tremor foi de magnitude 7,4. Ele teria ocorrido a apenas 15,5 km da superfície, o que explica o poder de destruição elevado.

Em todo o país, pelo menos 26 edifícios desabaram, de acordo com as autoridades. Socorristas trabalharam no resgate de dezenas de pessoas que ficaram presas entre os escombros. O governo calculou o número de feridos em 821.

Segundo as autoridades, cerca de 50 pessoas — a maioria turistas — que estavam em quatro microônibus e visitariam um parque nacional estão desaparecidas. Não há confirmação sobre a nacionalidade destes até a última atualização.

Deslizamentos de terra também foram registrados após o tremor. Na capital Taipei, parte da cidade ficou sem energia. Carros foram obrigados a parar nas rodovias durante o terremoto. Veja no vídeo abaixo:

Câmera em carro registra momento em que terremoto balança veículos em rodovia de Taiwan

Câmera em carro registra momento em que terremoto balança veículos em rodovia de Taiwan

Tremores secundários ainda puderam ser sentidos em Taipé, com mais de 50 registrados, segundo as autoridades meteorológicas.

A agência oficial de notícias de Taiwan afirmou que esse é o terremoto mais forte registrado desde 1999, há 25 anos, quando um tremor provocou a morte de 2,4 mil pessoas e danificou 50 mil imóveis.

Prédio tombou após terremoto em Taiwan — Foto: TVBS via AP

Alertas de risco de tsunami foram emitidos pelas autoridades para áreas costeiras de ilhas do Japão e das Filipinas.

Em um primeiro momento, as autoridades chegaram a alertar para ondas de até 3 metros na ilha japonesa de Okinawa. Moradores que vivem na região receberam uma ordem de retirada.

Cerca de três horas após o terremoto, o Japão cancelou os alertas de tsunami. A TV japonesa NHK disse que ondas de 30 centímetros foram registradas na ilha japonesa de Yonaguni, que fica a cerca de 100 km da costa leste de Taiwan.

Já nas Filipinas, o governo também pediu para que moradores de áreas costeiras deixassem suas casas.

Local onde houve um terremoto perto de Taiwan — Foto: Barbara Miranda/g1




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

apos-terremoto,-taiwan-tenta-resgatar-70-mineiros-e-sobreviventes-presos-em-tuneis-e-predios

G1 Mundo

Após terremoto, Taiwan tenta resgatar 70 mineiros e sobreviventes presos em túneis e prédios

Nove pessoas morreram e 974 ficaram feridas por conta do tremor, de magnitude 7,4 -- o pior no território em 25 anos. Nesta quarta, o Escritório de Representação do Brasil em Taiwan disse que não há brasileiros entre as vítimas. Entre as pessoas que as equipes tentavam localizar e resgatar nesta quarta, estão: Cerca de 70 mineiros que trabalhavam em duas pedreiras na região de Hualien, a mais próxima do […]

today3 de abril de 2024 1

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%