G1 Mundo

Brasileiro mostra onde fica ‘cômodo seguro’ em aeroporto onde está há três dias em Israel; veja VÍDEO

today9 de outubro de 2023 13

Fundo
share close

Em entrevista ao vivo à Globonews nesta segunda-feira (9), Ely mostrou o bunker do aeroporto. O “cômodo seguro” tem paredes reforçadas para situações de alerta de mísseis. Veja vídeo acima.

“Aqui tem a área de embarque, e ali atrás é a área de check-in. O bunker fica entre esses dois corredores. Mas tem vários acessos, porque são várias passagens. Tem um uma porta ali, atrás dessas paredes, que são paredes reforçadas.”, detalha.

Brasileiro mostra onde fica bunker de aeroporto em Israel — Foto: Reprodução/GloboNews



O advogado ainda relatou os problemas de cancelamentos de voo que está enfrentando.

“Meu voo foi cancelado no sábado pela manhã, foi remarcado para o domingo à noite, novamente cancelado e haveria um novo voo na quarta-feira”.

Segundo Ely, diante da situação crítica, a companhia aérea aconselhou os passageiros a procurarem as embaixadas de seus países em busca de opções de evacuação.

“Agora pela noite, a companhia aérea mandou uma mensagem aconselhando os passageiros a procurar as embaixadas de seus países para opções de evacuação”, conta.

▶️ Como começou o conflito entre o Hamas e Israel? A mais recente disputa na região começou em 7 de outubro, quando o Hamas realizou um ataque-surpresa contra Israel. Essa foi a mais violenta ação em território israelense dos últimos 50 anos. Os serviços de inteligência do país não conseguiram antecipar que uma ofensiva dessa magnitude estava sendo preparada.

▶️ O que é o Hamas? O grupo terrorista é uma das principais organizações islâmicas nos Territórios Palestrinos (são duas áreas não contínuas: a Faixa de Gaza e a Cisjordânia). Desde 2007, o Hamas controla a Faixa de Gaza.

▶️ Como foi o ataque? As ações se concentraram perto da fronteira da Faixa Gaza, de onde Hamas lançou 5 mil foguetes. Por terra, ar e mar, com motos e parapentes, homens armados invadiram o território israelense pelo sul do país. Houve relatos de que os invasores atiraram em pessoas que estavam nas ruas e sequestraram dezenas de israelenses (incluindo mulheres e crianças), levados como reféns para Gaza.

▶️ Como foi a resposta de Israel? Diante da ofensiva do Hamas, o governo israelense iniciou uma retaliação. “Estamos em guerra e vamos ganhar”, disse o primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, logo após o ataque. “O nosso inimigo pagará um preço que nunca conheceu.” Ainda em 7 de outubro, Israel lançou bombas em direção à Faixa de Gaza.

▶️ Quantas pessoas morreram? O balanço mais recente das autoridades locais indica que ao menos 1.120 pessoas morreram, sendo 700 em Israel, 413 na Faixa de Gaza e sete na Cisjordânia. Milhares de pessoas ficaram feridas.

▶️ O que é e onde fica Faixa de Gaza? É território palestino localizado em um estreito pedaço de terra na costa oeste de Israel, na fronteira com o Egito e banhado pelo Mar Mediterrâneo. Marcado por pobreza e superpopulação, tem mais de 2 milhões de habitantes morando em um território de 41 km de comprimento e 10 km de largura. Tomada por Israel na Guerra dos Seis Dias, em 1967, e entregue aos palestinos em 2005, Gaza vive um bloqueio de bens e serviços imposto por seus vizinhos de fronteira.

▶️ Qual é o histórico do conflito na região? A disputa entre Israel e Palestina se estende há décadas e já resultou em inúmeros enfrentamentos armados e mortes. Em sua forma moderna, remonta a 1947, quando a Organização das Nações Unidas (ONU) propôs a criação de dois Estados, um judeu e um árabe, na Palestina, sob mandato britânico.

▶️ Quando Israel foi reconhecido como um Estado? Em 1948. Desde então, vem ocorrendo uma disputa por território na região, e vários acordos já tentaram estabelecer a paz na região, mas neNhum deles teve sucesso.

▶️ Qual é a diferença entre israelenses e palestinos? Israelenses são cidadãos do Estado de Israel, criado em 1948. Palestinos são o povo etnicamente árabe, de maioria muçulmana, que habitava a região entre o Rio Jordão e o Mar Mediterrâneo.

Avião da FAB para resgatar brasileiros em Israel chega na Europa

Avião da FAB para resgatar brasileiros em Israel chega na Europa

O KC-30, que tem capacidade para até 230 passageiros, deve pousar em Brasília na madrugada de terça (10) para quarta (11). Segundo o Ministério das Relações Exteriores, os voos já foram autorizados pelo governo israelense.

A operação de repatriação de brasileiros durante as tensões entre Israel e o grupo extremista Hamas foi anunciada no domingo. “O governo brasileiro desaconselha quaisquer deslocamentos não essenciais para a região”, informou o Itamaraty.

Primeiro avião da FAB que vai resgatar brasileiros na zona de conflito chega à Itália

Primeiro avião da FAB que vai resgatar brasileiros na zona de conflito chega à Itália

A Força Aérea Brasileira informou que mais quatro aeronaves também estão prontas para a missão:

  • dois KC-390, com capacidade para até 80 passageiros cada;
  • e dois VC-2, cedidos pela Presidência da República, que podem transportar até 38 passageiros cada.

Inicialmente, havia a expectativa — não confirmada — de que o Itamaraty divulgasse durante a manhã desta segunda a lista com o nome e o número total de brasileiros que serão repatriados na missão.

Segundo as informações divulgadas pelo Ministério das Relações Exteriores, o resgate vai priorizar brasileiros que moram no Brasil e estavam em Israel a trabalho ou passeio – e que ainda não têm passagem aérea para retornar em voo comercial.

Os cidadãos incluídos nas listas deverão ser contatados por telefone.

A expectativa é a de que a Embaixada do Brasil em Israel organize pontos de encontro e, a partir deles, transporte os brasileiros por ônibus até a área de embarque.




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

‘eua-nunca-deixarao-de-apoiar-israel’:-como-pais-reage-a-escalada-da-violencia-entre-israelenses-e-palestinos

G1 Mundo

‘EUA nunca deixarão de apoiar Israel’: como país reage à escalada da violência entre israelenses e palestinos

Já o presidente americano, Joe Biden, classificou o episódio como um "ataque horrível e sem precedentes". "Os Estados Unidos estão ao lado do povo de Israel diante destes ataques terroristas. Nunca deixaremos de apoiar Israel", disse Biden. O presidente acrescentou que Israel "tem o direito de defender seu território e seu povo." Biden disse que conversou com o primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, no sábado, para expressar seu apoio. "No meu […]

today9 de outubro de 2023 10

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%