G1 Mundo

Britânica é considerada culpada de assassinato por não cuidar de dieta de filha morta por obesidade

today22 de dezembro de 2022 214

Fundo
share close

Kaylea Louise Titford, de 16 anos, foi encontrada morta em sua casa em Powys em outubro de 2020.


Alan Titford e Sarah Jane Lloyd-Jones chegando para o julgamento. — Foto: BBC



Uma mãe admitiu o homicídio culposo de sua filha adolescente após deixá-la se tornar obesa mórbida.

Sarah Jane Lloyd-Jones, de 39 anos, se declarou culpada da acusação quando compareceu a um tribunal do País de Gales (Reino Unido) em 12 de dezembro.

Sua filha, Kaylea Louise Titford, de 16 anos, foi encontrada morta em sua casa na cidade de Powys em outubro de 2020.

Foi alegado em uma audiência anterior que seus pais falharam em atender às necessidades dietéticas de Kaylea, levando-a à obesidade.

O pai, Alan Titford, de 44 anos, deve ir a julgamento em janeiro. Ele nega homicídio culposo e causar ou permitir a morte de uma criança ou pessoa vulnerável.

A pena de Sarah Jane será definida nos próximos meses.

Newsletter G1 Created with Sketch.

O que aconteceu hoje, diretamente no seu e-mail

As notícias que você não pode perder diretamente no seu e-mail.

Para se inscrever, entre ou crie uma Conta Globo gratuita.

Obrigado!

Você acaba de se inscrever na newsletter Resumo do dia.

Deseja receber as notícias mais importantes em tempo real? Ative as notificações do G1!




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

a-saga-de-dois-velejadores-–-e-um-cachorro-–-resgatados-apos-10-dias-a-deriva

G1 Mundo

A saga de dois velejadores – e um cachorro – resgatados após 10 dias à deriva

Embarcação foi achada em meio ao mar agitado do Oceano Atlântico após ter sido avistada pela tripulação de um navio-tanque. Dois velejadores e um cachorro que ficaram à deriva no Oceano Atlântico por dez dias foram resgatados por um capitão de um navio-tanque que os avistou em meio ao mar agitado. “Fazia dois dias que não temos água”, disse um deles, acrescentando que não tinham mais esperanças de serem achados […]

today22 de dezembro de 2022 93

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%