G1 Mundo

Caminhões de ajuda humanitária entram em Gaza pela passagem de Kerem Shalom

today26 de maio de 2024 11

Fundo
share close

Passagem é controlada por Israel. Egito se recusa a coordenar a entrega de ajuda humanitária pela fronteira de Rafah, fechada desde o início de maio, enquanto tropas israelenses controlarem o lado palestino.


Um caminhão de ajuda humanitária é visto parado perto da passagem de Kerem Shalom, enquanto operações militares continuam em Rafah, no sul de Gaza, em foto de 17 de maio de 2024. — Foto: REUTERS/Shannon Stapleton



Vários caminhões com ajuda humanitária vindos do Egito começaram a entrar na Faixa de Gaza neste domingo (26) através da passagem de fronteira de Kerem Shalom, controlada por Israel, informou o canal egípcio Al-Qahera News.

O Egito se recusa a coordenar a entrega de ajuda humanitária por Rafah enquanto o lado palestino for controlado pelas tropas de Israel.

Na sexta-feira, no entanto, o presidente egípcio Abdel Fatah al Sisi concordou, durante uma conversa telefônica com o presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, em permitir a entrada de ajuda através de Kerem Shalom, o outro posto de fronteira no sul de Gaza, explicou a Casa Branca.

A Al-Qahera News não especificou quantos caminhões passaram pelos postos de controle de entrada na Faixa de Gaza, território cercado por Israel, mas informou que “quatro caminhões de combustível” cruzaram a fronteira e seguiam para os hospitais de Gaza.

Toda a ajuda procedente do Egito é inspecionada pelas autoridades israelenses e distribuída com a coordenação da ONU.

O restante dos 200 caminhões “devem entrar em Gaza hoje”, declarou à AFP Khaled Zayed, diretor do Crescente Vermelho egípcio em Al Arish, que recebe a maior parte da ajuda.

VÍDEO: Israel ignora ordem de tribunal da ONU e ataca Rafah

Israel ignora ordem de tribunal da ONU e ataca Rafah

Israel ignora ordem de tribunal da ONU e ataca Rafah




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

agencia-da-onu-estima-670-mortes-apos-deslizamento-de-terra-em-papua-nova-guine

G1 Mundo

Agência da ONU estima 670 mortes após deslizamento de terra em Papua-Nova Guiné

Até este domingo (26), somente cinco corpos haviam sido resgatados. Vítimas estão soterradas a uma profundidade de até 8 metros desde sexta-feira (24). Avalanche atinge vilarejo em Papua Nova Guiné A Organização Internacional para as Migrações da ONU (OIM) estimou que 670 pessoas morreram após um deslizamento de terra em Papua-Nova Guiné. O vilarejo Yambali, com dezenas de casas, foi soterrado na sexta-feira (24). De acordo com a agência, o […]

today26 de maio de 2024 14

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%