Prefeitura de Guarujá

Começa a construção da ‘Praça da Cidadania’

today11 de janeiro de 2023 13

Fundo
share close

Espaço entre os bairros Vila Zilda e Vila Edna deve ser inaugurado no segundo semestre e disponibilizará cursos de qualificação, espaços de esporte e lazer

A Praça da Cidadania na Avenida Raphael Vitiello, na Vila Zilda, está ainda mais perto de se tornar realidade. Dentro da programação em comemoração à Semana do Padroeiro – Dia de Santo Amaro, celebrado em 15 de janeiro, começaram, nesta quarta-feira (11), as obras do equipamento. O local prevê a implantação de áreas voltadas para esportes, lazer e convivência comunitária.

A conquista é resultado de tratativas entre a Prefeitura de Guarujá e o Fundo Social do Estado. Pela manhã, participaram de uma reunião técnica no local o prefeito de Guarujá; o secretário municipal de Infraestrutura e Obras (Seinfra)secretário adjunto de Planejamento (Seplan); a superintendente de Projetos de Guarujá, além de representantes da empresa responsável pelas obras e lideranças do Fundo Social de Solidariedade do Estado.

A unidade terá mais de 5 mil metros quadrados e contará com quadra de futebol society, quadra poliesportiva, playground, pista de skate, pista de corrida/ caminhada, academia ao ar livre, área com mesas e bancos para jogos ao ar livre, pergolado, bicicletários, jardins, arena para apresentações, jardins e bancosTambém será instalada nova iluminação.

O espaço contará ainda com um edifício para a escola de qualificação profissional do Fundo Social de São Paulo, onde serão disponibilizados cursos gratuitos nas áreas de Gastronomia, Moda, Beleza e Informática e Empreendedorismo. O objetivo é promover autonomia e geração de renda para os moradores da região.



Buscando minimizar o impacto no Meio Ambiente, a Praça da Cidadania terá jardins de chuva para retenção e infiltração das águas pluviais, iluminação em led e pisos semipermeáveis. O edifício da Escola de Qualificação Profissional contará com sistema de captação e reaproveitamento da água da chuva. O investimento do Governo do Estado na obra é de cerca de R$ 5 milhões e a previsão é inaugurar a obra em julho deste ano.

Para o prefeito de Guarujá é sempre uma alegria iniciar projetos em prol da população. “Entregamos várias obras esta semana, em comemoração à Semana do Padroeiro. APraças são equipamentos fundamentais para promover cidadania, inclusão social e qualificação profissional nos territórios vulneráveis, estimulando a geração de emprego e renda, o empreendedorismo e a autonomia financeira da população”, destaca.

presidente do Conselho Deliberativo do Fundo Social de São Paulo, Berenice Giannella, explica que a Praça da Cidadania é especial por permitir que se concretize a vontade das pessoas daquela comunidade. “Serão oferecidos espaços para esportes, lazer e qualificação profissional. Então, desejo que a população se apodere desse equipamento e cuide como se fosse a sua casa para que todos possam usufruir desse lindo projeto”.

Vulnerabilidade social

O projeto é voltado para áreas com alta vulnerabilidade social e oferece espaços de lazer, atividades esportivas, qualificação profissional e geração de renda para a população. Para a implantação da Praça da Cidadania, o Município deve estar enquadrado nas diretrizes do programa, disponibilizar um terreno adequado e providenciar a aprovação legal dos trâmites para instalação do projeto.

“Desejamos que esse equipamento, de fato, leve cidadania para todos os moradores dos bairros ao redor”, avalia o secretário adjunto de Planejamento.

Após a inauguração da Praça, a Prefeitura será incumbida da gestão, manutenção e zeladoria dos espaços abertos. Já o Fundo Social do Estado de São Paulo ficará responsável pelo edifício das escolas de qualificação profissional.

Ansiedade

A dona de casa Maria Edileuza da Silva, de 48 anos, não vê a hora do equipamento ser inaugurado. “A região precisava urgente desse tipo de novidade. Tenho certeza de que pessoas de todas as idades vão aproveitar para se qualificar, praticar esportes e ter um pouco de lazer”, explica a moradora da Vila Edna, que pretende começar a caminhar com as vizinhas.

Quem concorda com ela é o pedreiro Eduardo Santana de Abreu, de 51 anos. “Muita coisa melhorou aqui no bairro nos últimos anos. Chegou asfalto, o cuidado com a nossa gente. Esse equipamento vai ser o que eu chamo de cereja em cima do bolo”, brincou o morador de Morrinhos, que já escalou os amigos para jogar dominó.




Todos os créditos desta notícia pertecem a Prefeitura de Guarujá.

Por: Evelyn

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

porto-de-santos-fecha-2022-com-recorde-historico-na-movimentacao-de-cargas

G1 Santos

Porto de Santos fecha 2022 com recorde histórico na movimentação de cargas

O Porto de Santos, no litoral de São Paulo, fechou 2022 com uma movimentação recorde de 162,4 milhões de toneladas. O volume é 10,5% superior ao registrado 2021,que até então tinha os melhores números da história. Os dados foram divulgados pela Santos Port Authority (SPA), a autoridade portuária. Os embarques tiveram uma alta de 15,1% com 118,7 milhões de toneladas, enquanto os desembarques totalizaram 43,7 milhões de toneladas. De acordo […]

today11 de janeiro de 2023 28

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%