G1 Mundo

Coreia do Norte muda Constituição para incorporar política nuclear ao texto

today28 de setembro de 2023 9

Fundo
share close

O Parlamento adotou ‘o item crucial para a formulação da política da Coreia do Norte sobre a força nuclear como lei básica do Estado’ de forma unânime.




Coreia do Norte está prestes a fazer 7º teste com bomba nuclear, alertam aliados

Coreia do Norte está prestes a fazer 7º teste com bomba nuclear, alertam aliados

A Coreia do Norte incluiu política sobre a armas nucleares na própria Constituição do país, de acordo com a agência estatal de notícias KCNA na quinta-feira (18).

Kim Jong-un, o líder do país, prometeu inclusive acelerar a produção de armas nucleares para dissuadir o que ele chamou de “provocações” dos Estados Unidos.

O Parlamento do país adotou “o item crucial para a formulação da política da Coreia do Norte sobre a força nuclear como lei básica do Estado” de forma unânime, afirmou a KCNA.

Ao dirigir-se ao parlamento, Kim afirmou ser importante “acelerar a modernização das armas nucleares para manter uma vantagem definitiva em termos de dissuasão estratégica”.

Há um ano, a Coreia do Norte oficializou em lei que tem o direito de usar ataques nucleares preventivos para se proteger.

Kim pediu para os funcionários do governo para “promover ainda mais a solidariedade com as nações que se opõem à estratégia de hegemonia dos EUA e do Ocidente”. Ele criticou a cooperação trilateral entre os EUA, Coreia do Sul e Japão como a “versão asiática da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan)”.

“Esta é simplesmente a pior ameaça real, não uma retórica ameaçadora ou uma entidade imaginária”, disse ele.

Deseja receber as notícias mais importantes em tempo real? Ative as notificações do G1!

http://g1.globo.com/

http://g1.globo.com/




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%