G1 Mundo

Daniel Alves deixa prisão após pagamento de fiança

today25 de março de 2024 6

Fundo
share close

Tribunal de Barcelona aceitou pedido da defesa para que ex-jogador aguarde em liberdade a decisão final. Alves recorreu da sentença que recebeu em fevereiro pelo crime de agressão sexual.


Daniel Alves deixa a prisão de Brians 2, em Barcelona, após receber liberdade provisória, em 25 de março de 2024. — Foto: Bruna Casas/ Reuters



Depois de quase 15 meses preso e de pagar uma fiança de 1 milhão de euros, o ex-jogador Daniel Alves, condenado por ter estuprado uma mulher em uma boate na Espanha, deixou a prisão nesta segunda-feira (25) respaldado por uma autorização de liberdade provisória.

Acompanhado de sua mãe, de sua advogada e de um amigo, Alves saiu nesta manhã da prisão de Brians 2, parte de um complexo prisional a 40 quilômetros de Barcelona. O brasileiro estava no local desde janeiro de 2023, quando foi preso preventivamente enquanto o caso era investigado.

Daniel Alves é solto após pagar fiança de 1 milhão de euros

Daniel Alves é solto após pagar fiança de 1 milhão de euros

Na última quarta-feira (20), os juízes da Audiência de Barcelona — a corte mais alta da cidade — aceitaram, por maioria, deixar Alves em liberdade enquanto a defesa aguarda a sentença definitiva. Sua defesa recorreu da condenação.

Ao deixar a prisão, o brasileiro entrou no carro no qual sua mãe e sua advogada haviam ido à prisão. O jogador tem uma residência em um bairro nobre de Barcelona. Até a última atualização desta reportagem, a defesa de Alves não informou para onde ele iria.

O brasileiro poderia ter saído na quinta e na sexta, mas nas duas ocasiões não fez o pagamento da fiança.

Daniel Alves deixa a prisão — Foto: LLuis Gene/AFP

O ex-jogador Daniel Alves, com a prisão de Brians 2 ao fundo, ao ser libertado, em 25 de março de 2024. — Foto: Nacho Doce/ Reuters

Condições para a liberdade

O ex-jogador brasileiro Daniel Alves, ao deixar a prisão de Brians 2, em Barcelona, em 25 de março de 2024. — Foto: Nacho Doce/ Reuters

A sentença que garantiu a liberdade provisória sob fiança também determinou que Daniel Alves:

  • É obrigado a manter uma distância de pelo menos 1 quilômetro da residência da vítima, de seu local de trabalho ou de qualquer outro lugar frequentado por ela — a jovem é de Barcelona e também vive na capital catalã;
  • Também não pode tentar se comunicar com a denunciante através de nenhum meio;
  • Não pode deixar a Espanha;
  • Deve comparecer semanalmente ao Tribunal de Barcelona ou quantas vezes lhe for solicitado.

“O tribunal delibera, por maioria e com voto individual: ‘Acordar a prisão provisória de Daniel Alves, que pode ser evitada mediante o pagamento de uma fiança de 1.000.000 euros e, se o pagamento for verificado, e acordada a sua libertação provisória, ou retirada de ambos os passaportes, espanhol e brasileiro, a proibição de sair do território nacional, e a obrigação de comparecer semanalmente a este Tribunal Provincial, bem como quantas vezes for convocada pela Autoridade Judiciária”, disse a sentença.

O brasileiro comprou a residência na capital catalã quando jogava pelo Barcelona. Sua esposa, a modelo espanhola Joana Sanz, vive atualmente na residência, segundo a imprensa espanhola.

Ela também é alvo de um processo que corre na Justiça espanhola por ter divulgado supostas imagens da vítima — desde o início do caso, a juíza responsável proibiu que a identidade da denunciante fosse divulgada por qualquer meio.

Daniel Alves consegue liberdade condicional sob fiança de 1 milhão de euros

Daniel Alves consegue liberdade condicional sob fiança de 1 milhão de euros




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

sobe-para-53-o-numero-de-mortos-em-confronto-com-a-pm-na-operacao-verao

G1 Santos

Sobe para 53 o número de mortos em confronto com a PM na Operação Verão

Segundo a SSP-SP, suspeitos atiraram contra policiais da Força Tática no bairro Balneário Guarujá, em Guarujá (SP). Caso foi registrado no DP Sede de Guarujá — Foto: Alexsander Ferraz/A Tribuna Jornal Dois homens, ainda não identificados, foram baleados e mortos por policiais militares durante confrontos na tarde desta segunda-feira (25) em Guarujá, no litoral de São Paulo. Os agentes da Força Tática do 4° Batalhão de Polícia Militar atuavam pela […]

today25 de março de 2024 7

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%