G1 Santos

Dois são mortos em comunidades de Guarujá em ações da PM; Operação Escudo chega a 27 mortes

today4 de setembro de 2023 1

Fundo
share close

De acordo com a Secretaria de Segurança Pública de São Paulo (SSP-SP), as armas dos suspeitos e dos policiais foram apreendidas nas duas ocorrências, que aconteceram no sábado (2) e domingo (3).

A 26ª morte foi registrada na Vila Júlia, mesma comunidade onde o soldado Reis foi assassinado. Segundo a SSP-SP, uma equipe policial estava em patrulhamento pela Rua da Serra quando viu o suspeito armado e com uma sacola em mãos. O homem atirou contra os policiais, que reagiram.

Em nota, a Prefeitura de Guarujá informou que o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado e encontrou o homem, de aproximadamente 28 anos, com ferimento de arma de fogo na região do tórax. No entanto, ele já estava morto.



Além da pistola do suspeito, uma sacola com porções de droga e dinheiro foi apreendida. Exames periciais foram solicitados ao Instituto Médico Legal (IML) e o caso foi registrado como tráfico de drogas, tentativa de homicídio e morte decorrente de oposição à intervenção policial na Delegacia do Guarujá.

A outra morte aconteceu no bairro Maré Mansa no domingo (3). O homem, de 37 anos, correu para dentro de uma casa ao ver a equipe policial, que fazia patrulhamento na região. Segundo a SSP-SP, ele efetuou um disparo contra os agentes, que intervieram.

O homem ficou ferido foi socorrido até a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Enseada, onde morreu. A Prefeitura de Guarujá informou que o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) não foi acionado. Por volta das 17h30, um homem, 37 anos, já em óbito, foi levado pelos bombeiros à UPA. Ele apresentava uma perfuração no tórax e outra no abdômen. O corpo foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML).

A SSP-SP informou que um revólver foi encontrado com o suspeito. O local foi periciado e caso foi registrado como homicídio tentado, morte decorrente de intervenção policial e posse ou porte ilegal de arma de fogo de uso restrito na Delegacia de Polícia de Guarujá.

Segundo a SSP-SP, todas as ocorrências de mortes decorrentes de intervenção policial (MDIP) estão em investigação pelo Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic) de Santos, com apoio do Departamento de Homicídios e de Proteção à Pessoa (DHPP) e Polícia Militar.

De acordo com a pasta, o conjunto probatório apurado no curso das investigações, incluindo as imagens das câmeras corporais, tem sido compartilhado com o Ministério Público e o Poder Judiciário.

VÍDEOS: g1 em 1 Minuto Santos




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Santos.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

caminhao-cegonha-atinge-fiacao-dos-trolebus-e-derruba-postes-em-santos,-sp

G1 Santos

Caminhão-cegonha atinge fiação dos trólebus e derruba postes em Santos, SP

Acidente gerou congestionamento no bairro Jabaquara, na manhã desta segunda-feira (4). Ninguém ficou ferido. Postes caíram após rede de fiação ser atingida no bairro Jabaquara, em Santos (SP). — Foto: Nina Barbosa/TV Tribuna Um caminhão-cegonha derrubou três postes ao passar pela avenida Francisco Manoel e atingir a fiação da rede de trólebus (ônibus elétrico), na manhã desta segunda-feira (4), em Santos, no litoral de São Paulo. Ninguém ficou ferido, mas […]

today4 de setembro de 2023

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%