G1 Mundo

Eleições nos EUA 2024: derrotada nas primárias republicanas, Nikki Haley anuncia que votará em Trump

today23 de maio de 2024 8

Fundo
share close

No entanto, Nikki Haley também deixou claro que sente que Trump tem trabalho a fazer para conquistar os eleitores que a apoiaram durante a campanha das primárias e continuam a votar nela nas disputas primárias em andamento.

“Vou votar em Trump. Dito isso, mantenho o que disse no meu discurso de desistência. Seria inteligente do Trump se ele se aproximasse dos milhões de pessoas que votaram em mim e que continuam a me apoiar em vez de assumir que elas simplesmente estarão com ele. E eu realmente espero que ele faça isso”, disse Haley, ex-embaixadora de Trump na ONU, durante um evento no Instituto Hudson em Washington.

Segundo a agência Associated Press, os comentários em seu primeiro discurso público desde que deixou a corrida presidencial são outro sinal da consolidação praticamente completa do apoio do Partido Republicano a Trump, mesmo daqueles que o rotularam como uma ameaça no passado.



Quem é Nikki Haley, republicana que desafia candidatura de Trump à presidência dos EUA

Quem é Nikki Haley, republicana que desafia candidatura de Trump à presidência dos EUA

Haley encerrou sua própria candidatura à nomeação republicana há dois meses, mas não endossou imediatamente Trump, tendo o acusado de causar caos e desconsiderar a importância das alianças dos EUA no exterior, além de questionar se Trump, de 77 anos, não seria muito velho para ser presidente novamente.

Trump, por sua vez, repetidamente zombou dela com o apelido de “Cérebro de Passarinho”, embora tenha diminuído esses ataques após garantir delegados suficientes em março para se tornar o provável candidato republicano.

A campanha de Trump não respondeu imediatamente a um pedido de comentário da AP sobre o anúncio de Haley.

Enquanto isso, a campanha do presidente Joe Biden tem trabalhado para conquistar os apoiadores de Haley, que eles consideram os verdadeiros eleitores indecisos, segundo a AP. A equipe do presidente está organizando um grupo de “Republicanos para Biden”, que eventualmente incluirá uma equipe dedicada e focará nas centenas de milhares de eleitores de Haley em cada estado decisivo, de acordo com pessoas familiarizadas com os planos da campanha, mas que não são autorizadas a discuti-los publicamente.

Haley fez diversas críticas à política externa de Biden e ao manejo da fronteira dos EUA com o México em seu discurso de quarta (22) no Instituto Hudson, um think tank conservador de Washington ao qual ela se juntou recentemente ao reemergir na esfera política.

No início deste mês, Haley se reuniu na Carolina do Sul com alguns de seus doadores, um evento caracterizado como um “agradecimento” aos seus principais apoiadores.




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

marido-de-cantora-gospel-brasileira-e-preso-nos-eua-acusado-de-estupro-de-crianca

G1 Mundo

Marido de cantora gospel brasileira é preso nos EUA acusado de estupro de criança

O marido da cantora gospel Heloísa Rosa, Marcus Grubert, foi preso nesta terça-feira (22) em Orlando, nos Estados Unidos, acusado de abusar sexualmente de uma criança de seis anos. A informação foi revelada pelo programa "Encontro com Patrícia Poeta". O caso, que aconteceu em 2023, envolveu duas famílias brasileiras. Segundo relato da mãe da vítima, o abuso ocorreu quando a criança passou a noite na casa da cantora e a […]

today23 de maio de 2024 7

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%