G1 Mundo

Em bunker de hotel em Israel, ex-secretário da Saúde em SP diz que brasileiros estão protegidos após lançamento de drones pelo Irã

today14 de abril de 2024 4

Fundo
share close

Claudio Lottenberg, ex-secretário municipal da Saúde de São Paulo e presidente da Confederação Israelita do Brasil (Conib), desembarcou neste sábado (13) em Jerusalém, em Israel, com uma comitiva de brasileiros para uma missão em solidariedade às vítimas da guerra na região. Horas depois, o Irã enviou drones e mísseis para atacar o território de Israel, disseram militares israelenses. (leia mais abaixo)

“Aqui em Jerusalém, 23h30. Os drones foram lançados do Irã. Israel está preparado, está se mantendo dentro de clima sereno, tranquilo, mas, acima de tudo, responsável. Nós, da missão do Brasil, estamos dentro do hotel. Existe um bunker, estamos protegidos. Estamos todos aqui unidos e seguindo as orientações”, disse Lottenberg em vídeo publicado no Instagram.

Ele pediu para que as pessoas tenham tranquilidade e disse que, “por enquanto, tudo está sob controle”.



O ex-secretário afirmou que foi informado pelo governo de Israel de que a situação está controlada. “A missão deve continuar”, destacou ele.

Objetos iluminados e explosões no céu após envio de drones pelo Irã

Objetos iluminados e explosões no céu após envio de drones pelo Irã

O porta-voz das Forças de Defesa de Israel (IDF, na sigla em inglês), Daniel Hagari, e a Guarda Revolucionária do Irã confirmaram a informação sobre o ataque aéreo.

Segundo o Canal 12, de Israel, o Irã lançou dezenas de drones e mísseis, num total de cerca de cem artefatos. Alguns teriam sido derrubados pelas Forças israelenses quando sobrevoavam a Síria e a Jordânia – antes, portanto, de chegarem ao espaço aéreo do país. A previsão é que os drones cheguem a Israel às 20h deste sábado (ou 2h da madrugada deste domingo no horário local).

As IDF afirmam que foram mais de cem drones, mas não falou sobre o número de mísseis.

As sirenes dos locais que vão ser atingidos vão soar, e o sistema de defesa israelense está de prontidão, de acordo com pessoas do exército –já há aeronaves israelenses posicionadas.

Três fontes da agência de notícias Reuters no Iraque afirmaram que viram mais de 20 drones voando na região de Sulaymaniya vindos da direção do Irã.

Trata-se de uma retaliação depois de um bombardeio no dia 1º de abril contra o consulado iraniano em Damasco, na Síria, em que um comandante sênior das Guardas Revolucionárias do Irã foi morto. O ministro das Relações Exteriores do Irã, Hossein Amirabdollahian, disse que “os avisos necessários foram dados aos Estados Unidos” sobre o ataque de retaliação. Após o Irã colocar os drones no ar, a Casa Branca afirmou que o ataque vai se desenrolar durante horas.

TV estatal do Irã divulga vídeo de drones usados em ataque contra Israel

TV estatal do Irã divulga vídeo de drones usados em ataque contra Israel

O que se sabe sobre o ataque do Irã

  • O Irã enviou dezenas drones para atacar o território de Israel neste sábado.
  • Os drones demoraram horas até chegar ao alvo.
  • No caminho, uma parte dos drones foi derrubada por aeronaves de Israel, dos Estados Unidos, do Reino Unido e da Jordânia.
  • As primeiras explosões e as sirenes de aviso foram ouvidas por volta de 20h (2h de domingo em Israel).
  • As forças de defesa israelenses afirmaram que estão preparadas para o ataque.
  • O ataque é uma retaliação do Irã contra Israel: em 1º de abril, a embaixada iraniana na cidade de Damasco, na Síria, foi atingida, e sete pessoas morreram —entre elas, um comandante sênior da Guarda Revolucionária do Irã.
  • Representantes do Irã na ONU afirmaram que a retaliação terminou, “a não ser que Israel cometa outro erro”.

Irã dispara drones contra Israel — Foto: Arte/g1




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

ira-fala-em-‘resposta-legitima’-contra-israel-e-anuncia-fim-da-resposta-militar

G1 Mundo

Irã fala em ‘resposta legítima’ contra Israel e anuncia fim da resposta militar

"Com base no Artigo 51 da Carta das Nações Unidas relativo à defesa legítima, a ação militar do Irã ocorreu em resposta à agressão do regime sionista [em referência a Israel] contra as nossas instalações diplomáticas em Damasco [em referência ao ataque à embaixada iraniana na Síria, ocorrido em 1º de abril]. O assunto pode ser considerado concluído. Contudo, se o regime israelense cometer outro erro, a resposta do Irã […]

today14 de abril de 2024 3

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%