G1 Mundo

Essequibo: Lula vê ‘crescente preocupação’ e diz que Mercosul não pode ficar ‘alheio’ ao tema

today7 de dezembro de 2023 11

Fundo
share close

Também afirmou que o Itamaraty pode sediar quantas reuniões for necessário para mediar a questão.

O presidente reforçou a posição do Mercosul como uma zona de paz e cooperação, e submeteu aos países integrantes do grupo uma minuta de declaração sobre o tema, acordada entre os chanceleres dos Estados participantes.



Lula recebe presidente do Mercosul em reunião de cúpula no Rio de Janeiro

Lula recebe presidente do Mercosul em reunião de cúpula no Rio de Janeiro

“Não queremos que esse tema contamine a retomada do processo de integração regional ou constitua ameaça à paz e à estabilidade. Enfatizo a importância de que as instâncias da Celac [Comunidade dos Estados Latino-Americanos e Caribenhos] e da Unasul [União de Nações Sul-Americanas] sejam plenamente utilizadas para o encaminhamento pacífico dessa questão”, disse.

“Uma coisa que não queremos aqui na América do Sul é guerra. Não precisamos de guerra, não precisamos de conflito. O que nós precisamos é construir a paz, porque somente com muita paz a gente pode desenvolver os nossos países”, afirmou.

O presidente Lula durante reunião da Cúpula do Mercosul no Rio de Janeiro — Foto: Reprodução/Canal Gov

Lula criticou ter herdado uma versão dos termos acertada em 2019, durante o governo de Jair Bolsonaro no Brasil e de Mauricio Macri na Argentina.

“A versão era inaceitável porque nos tratava como se nós fôssemos seres inferiores, como se nós fôssemos países colonizados ainda”, disse.

“As resistências da Europa ainda são muito grandes. Estranho a falta de flexibilidade deles de entender que nós temos ainda muita coisa para crescer”, afirmou Lula.

Segundo o presidente, os países europeus precisam entender que o Mercosul deseja se industrializar e vender produtos com maior valor agregado. Lula também afirmou que a União Europeia precisa reconhecer a “credibilidade” dos mecanismos que monitoram o desmatamento na região.

“Não existe nada que seja impossível a gente concretizar, mesmo essa tentativa de acordo com a União Europeia, está durando há 23 anos, mas a gente tem que continuar tentando fazer acordo com a União Europeia”, disse.

Chefes de estado do Mercosul se reúnem hoje no Rio

Chefes de estado do Mercosul se reúnem hoje no Rio

Organismos internacionais

Lula convidou os demais presidentes do Mercosul a participarem das discussões para a COP 30, que será em Belém em 2025, e voltou a cobrar que os compromissos assumidos na área ambiental sejam cumpridos.

Lula também convidou os pares para participar do G20, organismo que o Brasil preside no momento. Ele voltou a criticar organismos financeiros, a exemplo do Fundo Monetário Internacional (FMI).

“Não podem ser bancos sufocantes. Na verdade, emprestam uma corda para que a pessoa se enforque”, disse.

Troca de poder na Argentina

Na cúpula do Mercosul, Lula disse que a despedida de Fernández é “triste”. “Acho que você [Alberto Fernández] merecia melhor sorte, a economia poderia ter melhor sorte, mas aconteceu infortúnio de pandemia e seca, que muita gente foi prejudicada”, afirmou.

Lula ressaltou a importância da entrada da Bolívia no Mercosul como membro pleno, processo que ainda está em curso. O protocolo de adesão será promulgado nesta edição da cúpula do bloco, porém, o Congresso boliviano ainda precisa aprovar a entrada no grupo sul-americano.

“Com a integração da Bolívia, estamos nos aproximando de realizar o sonho da integração entre Atlântico e Pacífico”, disse Lula.

O presidente relatou que a ministra Simone Tebet (Planejamento) apresentará um programa de obras de infraestrutura para ligar os países da região, dando acesso a produtos a portos dos oceanos Atlântico e Pacífico.




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

alerta-de-tsunami-e-emitido-e-retirado-apos-terremoto-de-magnitude-7.3-em-vanuatu,-na-oceania

G1 Mundo

Alerta de tsunami é emitido e retirado após terremoto de magnitude 7.3 em Vanuatu, na Oceania

A notificação inclui territórios em até 300 km do epicentro do tremor, podendo afetar também regiões costeiras da Nova Caledônia. Alerta de tsunami é emitido após terremoto em Vanuatu, na Oceania O governo dos Estados Unidos emitiu um alerta de tsunami para a região de Vanuatu depois que um terremoto de magnitude 7.3 foi registrado no local. O alerta norte-americano incluía territórios em até 300 km do epicentro do tremor, […]

today7 de dezembro de 2023 1

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%