G1 Mundo

Extrema direita espanhola anuncia apoio à direita sem estabelecer condições

today6 de agosto de 2023 7

Fundo
share close

O líder do direitista Partido Popular (PP), Alberto Núñez Feijóo, que foi o mais votado nas eleições gerais antecipadas em 23 de julho, celebrou de imediato o “avanço” que “reconhece a vitória” de seu partido.

Líder do Partido Popular Alberto Núñez Feijóo — Foto: Manu Fernandez/AP



“A proposta que faço é uma proposta de um governo solitário do Partido Popular”, afirmou na comunidade autônoma da Galícia, seu local de nascimento.

Até este domingo, o partido de ultradireita Vox exigia entrar no governo como condição para apoiar Núñez Feijóo.

Na sexta-feira, o Vox entrou pela quarta vez em um governo regional, após alcançar um acordo com o PP em Aragão, no nordeste do país.

A extrema direita também governa em coalizão com os conservadores em Castela e Leão, Valência e Extremadura.

A mudança de estratégia ocorre no momento em que o bloco de direita está em ponto morto.

Nas últimas eleições, o Partido Socialista Operário Espanhol (PSOE) de Pedro Sánchez ficou em segundo lugar com 121 cadeiras no Parlamento, atrás das 137 do PP.

Sánchez, no entanto, está em melhor posição para formar o governo do que o seu o rival devido ao jogo de alianças.

O socialista pode aspirar a uma maioria parlamentar graças a vários partidos regionais, principalmente bascos e catalães, embora isto signifique conquistar o apoio do ‘Junts per Catalunya’, a legenda de Carles Puigdemont, o líder independentista catalão que declarou a fracassada secessão da Catalunha em 2017 antes de partir para o exílio na Bélgica.

O líder do Vox, Santiago Abascal, afirmou em um comunicado que um governo de Sánchez “constituiria uma grave ameaça à ordem constitucional” e levaria “à possibilidade, inclusive, de Sánchez conceder um referendo de autodeterminação” em troca de apoio.

Abascal anunciou que “os 33 deputados do Vox apoiariam uma maioria constitucional” no Parlamento para “formar um governo que evite tais ameaças”, em um claro aceno ao PP.

Núñez Feijóo necessitaria, no entanto, de alguns votos adicionais para ser tomar posse e conseguir governar sem uma coalizão.

Vários partidos pequenos descartaram a possibilidade de dar seu apoio a uma coalizão do PP com Vox e parece pouco provável que um número suficiente mude de opinião.

E um apoio do PSOE ao PP, salvo uma grande mudança, está descartado.

Além das quatro regiões, PP e Vox chegaram a acordos para governar uma dezena de grandes cidades espanholas, entre elas Valladolid e Toledo, no centro do país, e Burgos, no norte.

Os pactos provocaram muitas críticas, em particular da esquerda, já que o PP se alinhou com várias posições polêmicas do Vox.

Partidos da Espanha dão início às negociações para a formação de um novo governo

Partidos da Espanha dão início às negociações para a formação de um novo governo




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

o-papel-das-escravas-e-concubinas-no-‘sangrento-mundo-da-sucessao’-do-imperio-otomano

G1 Mundo

O papel das escravas e concubinas no ‘sangrento mundo da sucessão’ do Império Otomano

"Em mais de 600 anos de história otomana, quase todas as mães de sultões, tecnicamente, eram escravizadas", segundo declarou à BBC News Mundo (o serviço em espanhol da BBC) o professor de história Alan Mikhail, da Universidade Yale, nos Estados Unidos. As mulheres mantiveram considerável influência no jogo do poder político em um dos maiores impérios conhecidos pela humanidade. Muitas delas conseguiram “não desaparecer nos haréns”, sem se tornarem simples […]

today6 de agosto de 2023 6

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%