G1 Mundo

Filho de Biden é acusado de esquema de evasão fiscal nos EUA

today8 de dezembro de 2023 6

Fundo
share close

Hunter Biden recebeu nove acusações e, se condenado, pode pegar até 17 anos de prisão.


Presidente dos EUA, Joe Biden, chega em Washington ao lado do filho Hunter Biden, em 25 de junho de 2023 — Foto: Andrew Harnik/AP



Hunter Biden, filho de Joe Biden, presidente dos Estados Unidos, foi acusado nesta quinta-feira (7) de envolvimento em um esquema para evitar o pagamento de cerca de US$ 1,4 milhão (R$ 6,9 milhões) em impostos entre 2016 e 2019, disse o Departamento de Justiça.

Ele recebeu um total de nove acusações criminais: três fiscais e seis fiscais de contravenção. Se for condenado, ele poderá pegar uma pena de até 17 anos de prisão.

As investigações ainda estão em andamento, segundo as autoridades.

“[Hunter Biden] gastou milhões de dólares num estilo de vida extravagante, em vez de pagar as suas contas fiscais”, disse a acusação em um tribunal em Los Angeles, na Califórnia.

A investigação crimimal é liderada por um procurador de Delaware e está aberta desde 2018. Em julho, um acordo judicial entre Hunter Biden e os promotores quase foi fechado, onde ele se declararia culpado de crimes fiscais e admitiria que comprou uma arma mesmo sem requisitos legais para isso.

Em troca, Hunter cumpriria pena de dois anos em liberdade condicional, em vez de ser preso. No entanto, o acordo fracassou na última hora e não chegou a ser assinado.

Em outubro, Hunter Biden se declarou inocente após ser acusado de mentir sobre o uso de drogas ao comprar uma arma. Essa foi a primeira vez que um primeiro processo criminal foi aberto contra o filho de um presidente dos EUA em exercício.

VÍDEOS: mais assistidos do g1

Deseja receber as notícias mais importantes em tempo real? Ative as notificações do G1!

http://g1.globo.com/

http://g1.globo.com/




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

ex-policiais-britanicos-sao-condenados-por-mensagens-racistas-sobre-meghan-e-membros-da-realeza

G1 Mundo

Ex-policiais britânicos são condenados por mensagens racistas sobre Meghan e membros da realeza

Seis ex-policiais de Londres foram condenados nesta quinta-feira (7) a penas de prisão, suspensas, por compartilharem mensagens ofensivas e racistas no WhatsApp, incluindo com referências a Meghan, duquesa de Sussex, e a outros membros da família real. Em um comunicado após a audiência de sentença, o comandante James Harman, que lidera o Comando Anticorrupção e Abuso da Polícia Metropolitana, disse que “o conteúdo racista e discriminatório destas mensagens é absolutamente […]

today8 de dezembro de 2023 5

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%