G1 Mundo

Governo colombiano agora diz não saber onde estão crianças sobreviventes de queda de avião

today19 de maio de 2023 4

Fundo
share close

Buscas por quatro irmãos chegou ao 18º após confusão de versões. Na quarta (17), presidente colombiano disse que crianças haviam sido encontradas com vida, mas Forças Armadas contestaram. Aeronave em que elas estavam com a mãe caiu na Amazônia colombiana.




Presidente da Colômbia pede desculpas por divulgar que crianças tinham sido encontradas

Presidente da Colômbia pede desculpas por divulgar que crianças tinham sido encontradas

Depois de anunciar erroneamente o resgate das crianças desaparecidas após a queda de uma avião, retificar a informação e dizer que elas haviam sido localizadas, o governo colombiano diz agora não saber onde está o grupo.

A presidente do Instituto de Bem-Estar da Família, o órgão do governo colombiano responsável pelas buscas, afirmou não saber sobre o paradeiro das crianças. Na quinta-feira (18), Astrid Cáceres havia dito que elas foram localizadas e estavam em uma aldeia indígena de difícil acesso, segundo relatos de moradores locais.

Agora, Cáceres voltou atrás e afirmou que não se sabe sobre o paradeiro atual do grupo.

“Quem dera soubéssemos onde estão as crianças. Por isso estamos em operação de busca. A Operação Esperança (como foi batizada a mobilização que procura pelos sobreviventes) está nos dando luzes”, declarou à rádio colombiana Caracol.

  • As buscas são por Lesly Jacobombaire Mucutuy, de 13 anos; Soleiny Jacobombaire Mucutuy, de 9 anos; Tien Noriel Ronoque Mucutuy, de 4 anos; e Cristin Neriman Ranoque Mucutuy, de apenas 11 meses
  • As crianças são indígenas da etnia huitoto e são irmãs.
  • Um dos três corpos de adultos encontrados é da mãe dos jovens.
  • Outra vítima era um dos líderes da comunidade indígena.
  • O voo faria o trajeto entre Caquetá e San José del Guaviare, uma das principais cidades da Amazônia colombiana, mas caiu após o piloto reportar problemas na aeronave, que desapareceu dos radares logo depois.
  • As buscas ocorrem em uma região de mata densa e de difícil acesso.
  • Indígenas de comunidades locais e cerca de cem oficiais participam da operação, que também conta com três cães farejadores.
  • A Força Nacional encontrou pertences das crianças, o que parecia ser um acampamento improvisado e frutas mordidas, sugerindo que os jovens ainda poderiam estar vivos.

Deseja receber as notícias mais importantes em tempo real? Ative as notificações do G1!

Você deseja continuar recebendo este tipo de sugestões de matérias?




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

o-que-revelam-novos-esqueletos-encontrados-nas-ruinas-de-pompeia

G1 Mundo

O que revelam novos esqueletos encontrados nas ruínas de Pompeia

Os restos mortais foram recuperados em escavações recentes na Casa dos Amantes Castos de Pompeia e acredita-se que pertençam a dois homens com pelo menos 55 anos. A Casa dos Amantes Castos é uma das maiores atrações turísticas de Pompeia. Acredita-se que os esqueletos pertenciam a dois homens que tinham pelo menos 55 anos no momento da morte — Foto: MINISTÉRIO DA CULTURA DA ITÁLIA/via BBC O diretor do Parque […]

today19 de maio de 2023 6

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%